Buscar

66º Salão Paranaense expõe obras de 25 artistas


O evento de artes visuais é um dos mais importantes do país e chega a sua 66ª edição com 85 obras de 25 artistas brasileiros selecionados pelos curadores convidados Cauê Alves, Danillo Villa e Gaudêncio Fidelis. A tarefa não foi nada fácil! Ao todo, 823 propostas foram enviadas por artistas, de 22 estados da federação.

São diferentes estilos e técnicas em vídeos, instalações, fotografias, pinturas, desenhos e objetos. As obras estarão expostas no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, até 10 de setembro. A obra em destaque no alto deste post é uma xilogravura sobre papel, assinada por Rodrigo Sassi.

Criado em 1944, o Salão Paranaense é realizado pelo Museu de Arte Contemporânea (MAC-PR) desde a década de 1970. Neste ano, a edição será realizada no MON, com um número expressivo de inscrições.

“Esta grande adesão é uma mostra clara da necessidade do artista de buscar oportunidades para apresentar sua produção, e de que o Salão”, diz a diretora do MAC-PR, Lenora Pedroso.

Ao lado, uma escultura em bronze, de Simone Fontana Reis, chamada Seios da Amazônia.

A Exposição 66º Salão Paranaense pode ser visitada no Museu de terça a domingo, das 10h às 18h e os ingressos custam R$ 16 e R$ 8 (meia-entrada). Às quartas-feiras a entrada é franca. Primeira quinta do mês com horário estendido até as 20h e entrada gratuita após as 18h. Maiores de 60 e menores de 12 anos também têm entrada franca.

Artistas com obras selecionadas para o Salão Paranaense 2017:

Alexandre Brandão (SP), Alice Ricci (SP), Aline Dias (ES), Anna Israel (SP), Beto Shwafaty (SP), Claudia Lara, Giovana Casagrande e Leila Alberti (PR), Constance Pinheiro (PR), Daniel Frota (SP), Eduardo Custódio (PR), Efigênia Rolim (PR), Elke Coelho (PR), Gilson Rodrigues (MG), Jan Moraes Oliveira (SC), João Gonçalves (SP), Marcelo Armani (RS), Maurício Adinolfi (SP), Nelson Sebastião (PR), Raquel Nava (DF), Renato Castanhari (SP), Rodrigo Sassi (SP), Romain Dumesnil (RJ), Silvio de Bettio (PR), Simone Fontana Reis (SP), Tom Lisboa (PR) e Wagner Carvalho (SP).

#museuoscarniemeyer #salãoparanaense

12 visualizações