Buscar

Acampamento Musical de Meninas tem 1ª edição em Curitiba. Inscrições vão até 31 de outubro


O projeto internacional e voluntário Girls Rock Camp está com inscrições abertas para sua edição inicial em Curitiba, que acontece entre os dias 15 e 20 de janeiro de 2018. Durante seis dias, meninas de 10 a 17 anos poderão participar de uma colônia de férias musical diurna, com atividades que vão desde tocar um instrumento até se apresentar em um show, passando pela formação de banda e composição de canções.

Com o apoio de uma produtora e uma empresária, as campistas vão conviver como uma banda e preparar um show de encerramento aberto aos pais e à comunidade. As práticas de música e ensaios serão alternadas com palestras e oficinas com conteúdo voltado ao empoderamento feminino. O acampamento será realizado das 9h às 17h, na sede 2 da Escola Projeto 21, localizada no bairro Mossunguê.

“As meninas vão criar bandas compostas por guitarra, baixo, vocal, teclado e bateria, mas não é necessário ter experiência musical para participar. Elas poderão desenvolver valores como liderança, criatividade, colaboração, pensamento crítico e respeito às diferenças. Queremos mostrar que toda menina pode ser protagonista e fazer tudo que quiser”, conta a produtora cultural Roberta Cibin, que coordena o projeto com outras voluntárias.

Como se inscrever?

O Girls Rock Camp Curitiba terá 36 vagas, preenchidas conforme a ordem de inscrição. Para participar, é necessário responder o formulário disponível neste link. O documento tem perguntas direcionadas à pessoa responsável e outro campo específico para a campista. O prazo para se inscrever termina no dia 31 de outubro e a confirmação será enviada às participantes no dia 13 de novembro.

A taxa de inscrição custa R$ 350 por campista. O valor será destinado para cobrir os custos do projeto, que é promovido voluntariamente, sem fins lucrativos e com fundos limitados. “Graças ao suporte de nossa rede de mulheres apoiadoras, vamos oferecer almoço às campistas. Já os lanches da manhã e da tarde deverão ser trazidos de casa pelas meninas”, explica a produtora cultural.

Para tornar o projeto acessível a todas as candidatas, as inscrições de oito meninas serão subsidiadas com bolsa parcial ou total pelo Girls Rock Camp Curitiba. “Com a arrecadação de fundos que vem sendo realizada durante todo o ano e a dedicação das nossas voluntárias e da comunidade, nossa intenção é criar um evento que inclua todas as famílias, independente de seus recursos financeiros”, afirma Roberta.

Sobre o Girls Rock Camp

O Girls Rock Camp pode ser resumido como uma semana de atividades que buscam ajudar garotas a construírem seu amor próprio por meio de uma programação que inclui educação musical e performance, palestras sobre empoderamento e justiça social, modelos positivos de conduta e desenvolvimento de habilidades de colaboração e liderança.

O projeto nasceu há 16 anos, em Portland (Oregon, EUA). Posteriormente, foi criado o Girls Rock Camp Alliance, que orienta a promoção dos acampamentos em todo o mundo. Em 2013, surgiu o Girls Rock Camp Brasil. Pioneiro na América Latina, o projeto mantém o propósito de empoderar meninas, incentivando a equidade de gênero por meio da música.

Curitiba será a terceira cidade brasileira a receber a iniciativa, que já ocorre em Sorocaba (SP) desde 2013 e, recentemente, também foi realizada em Porto Alegre (RS). É possível apoiar a realização do evento curitibano de diversas formas, basta conhecer as possibilidades de contribuição no site www.girlsrockcampcuritiba.org.

#GirlsRockCamp

2 visualizações