Buscar

Curadora cubana da Bienal de Curitiba mediará visita guiada no Memorial de Curitiba


Uma das curadoras da exposição “Porque o mundo nunca deve perder seus afetos”, Dannys Montes de Oca (Cuba), realiza neste fim de semana uma visita guiada gratuita pela exposição, em inglês/espanhol, com tradução simultânea. A visita será neste domingo, dia 11 de fevereiro, das 14h às 15h, no Memorial de Curitiba (R. Dr. Claudino dos Santos, 79 - São Francisco), seguindo às 15h para o Museu Paranaense (R. Kellers, 289 - Alto São Francisco).

A mostra questiona disparidades econômicas, a corrupção de longa data e a inclusão do binário “eu” versus “outro”, que reacende as chamas da misoginia, homofobia, racismo e classismo, além de uma cultura voltada para si e um isolacionismo que promete o retorno às serenas paisagens políticas que não (e nunca) existiram.

A exposição reúne obras de artistas da Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Cuba, Egito, Estados Unidos, França, Israel, Paraguai, Taiwan e Uruguai.

A curadora Dannys Montes de Oca é crítica de arte, conferencista, pesquisadora de arte contemporânea e escritora, com diversos livros publicados ao longo da carreira. Desde 2016, é Diretora Geral e Curadora da Bienal de Havana e diretora do Wilfredo Lam Contemporary Art Center, em Havana, Cuba.

#BienaldeCuritiba #DannysMontesdeOca #MuseuParanaense #MemorialdeCuritiba #WilfredoLamContemporaryArtCenter #BienaldeHavana

0 visualização