Buscar

Galpão abandonado é o palco de AIRBAG, nova peça de Adriano Esturilho que conta o fim de um casament


Patrícia Cipriano e Gabriel Gorosito vivem personagens inspirados na realidade de muitos relacionamentos da atualidade. Ela, uma advogada bem sucedida. Ele, um artista decadente. No cenário, carcaças de carros espalhadas sobre o que restou de um galpão, em um enorme terreno baldio na região central de Curitiba. Assim está montado “AIRBAG”, novo trabalho teatral da Processo Multiartes, com direção e texto de Adriano Esturilho, que estreia temporada gratuita no próximo dia 24 de maio.

A montagem tem no espaço cênico alternativo um de seus maiores desafios. Embaixo da cobertura do que restou de uma quadra poliesportiva, o público poderá acomodar-se nos bancos de carros velhos ou assistir de dentro de seus próprios carros, como se estivesse em um drive in. Apenas seis carros, os primeiros a chegarem, terão a segunda opção.

Com um sistema de som 5.2 projetado para envolver a plateia, a aparição de um coro de 6 performers complementa a encenação e reforça com ironia alguns dos signos aristocráticos levantados pelo texto, ao som de trechos clássicos eruditos misturados a outras referências e colagens pré-gravadas.

A entrada é franca e o espetáculo será apresentado na Garagem MultiArtes: Rua: Inácio Lustosa, 397, no centro de Curitiba, entre os dias 24 de maio a 3 de junho, sempre às quartas, quintas e sextas, às 21h; sábados e domingos, às 19h.

#GabrielGorosito #PatríciaCipriano #ProcessoMultiartes #AdrianoEsturilho #AIRBAG #TocaCultural

6 visualizações