Buscar

Rock de Galpão faz show de lançamento de DVD em Curitiba


Na noite de 22 de novembro, às 21h, o pequeno auditório do Teatro Positivo, em Curitiba, receberá o show de lançamento do DVD “10 Anos na Estrada”, do grupo gaúcho Rock de Galpão. Os ingressos podem ser adquiridos pelo DiskIngressos e variam de R$ 31 a R$ 56.

O trabalho audiovisual foi gravado em shows nas capitais de Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Curitiba e na cidade argentina de San Isidro, em setembro de 2017. O material relata a aventura da banda durante as viagens e conta com as participações especiais de Humberto Gessinger, Gilberto Monteiro, Neto Fagundes, Gutcha Ramil, Hossam Ramzy, Rédea Solta, João Lopes, João Triska, Cau Bornes, Franco Luciani e da renomada cantora argentina Valeria Lynch.

"Eu reconheço que sou um grosso" - Rock de Galpão. Assista:

Os gaúchos mesclam as sonoridades regionais do sul da América Latina com as mais contemporâneas e universais formas de fazer música. O projeto é conduzido por Tiago Ferraz (voz e guitarra), Rafa Schuler (guitarra e vocais), Guilherme Gul (bateria), “Mestre Kó” (teclados e vocais), David Fontoura (contrabaixo) e Guilherme Goulart (acordeom).

“O Rock de Galpão – 10 Anos na Estrada é resultado de um trabalho sério, respeitoso e dedicado em prol da universalização do acesso à rica cultura do Rio Grande do Sul, estado brasileiro que tem enorme semelhança cultural com o Uruguai e a Argentina. Temos certeza de que, em cada cidade por onde a turnê passar, ela estará contribuindo para sensibilizar positivamente as pessoas e oportunizando uma nova visão sobre o cancioneiro gaúcho e sua preservação como parte importante da cultura brasileira e da América Latina”, afirma Tiago Ferraz, vocalista e produtor responsável pela captação de recursos do projeto.

O espetáculo em Curitiba terá como convidados os músicos paranaenses João Lopes, o ‘Bicho do Paraná’, e de João Triska, que vai tocar ao lado da banda Rock de Galpão interpretando a tradicional canção “As mocinhas da cidade”, de Nhô Belarmino e Nhá Gabriela, além da participação especial do Maestro Hique Gomez (Tangos e Tragédias) e do artista plástico Mai Bavoso. O evento tem o apoio cultural e a participação das Invernadas dos CTGs Vinte de Setembro e Querência Santa Mônica, que irão coreografar com a arte da dança algumas canções do show.

ROCK DE GALPÃO

Criado em 2007 em Porto Alegre (RS), o Rock de Galpão surgiu com o objetivo de resgatar e valorizar a cultura da música feita no Sul do Brasil e da América Latina. Nesses dez anos, o grupo já se apresentou na Argentina e em estados como Paraná, Santa Catarina e Brasília, além do próprio Rio Grande do Sul.

Batizado por Bagre Fagundes e abençoado por Paixão Côrtes, Luis Carlos Borges e Nico Fagundes – nomes que representam a cultura gaúcha tradicionalista –, o Rock de Galpão gravou seu primeiro DVD em 2010, em Caxias do Sul, com a participação do cantor e compositor Neto Fagundes, e com o qual o projeto foi indicado ao Prêmio Açorianos de Música daquele ano. Já em 2014 o grupo gravou o DVD Rock de Galpão Vol. II: Ao Vivo nas Missões, que é o registro do show realizado na cidade de Santo Ângelo, em frente à Catedral Angelopolitana, monumento histórico da cultura da região missioneira. O trabalho recebeu cinco indicações ao Prêmio Açorianos de Música: Álbum do Ano; DVD do Ano; Produtor Musical (Estado das Coisas e Hique Gomez); Melhor Álbum Pop e Melhor Intérprete Pop (Tiago Ferraz), sendo vencedor nas duas últimas categorias.

O grupo foi indicado ao Prêmio Açorianos de Música em 2010 pelo CD/DVD Rock de Galpão Ao Vivo e gravou seu segundo DVD em 2014. Rock de Galpão – Vol. II: Ao Vivo nas Missões é o registro do show que aconteceu em frente à Catedral Angelopolitana – monumento histórico da cultura missioneira. Em 2015 o Vol. II recebeu cinco indicações ao Prêmio Açorianos de Música: Álbum do Ano; DVD do Ano; Produtor Musical (Estado das Coisas e Hique Gomez); Melhor Álbum Pop e Melhor Intérprete Pop (Tiago Ferraz), sendo vencedor nas duas últimas categorias.

As culturas espanhola, africana e indígena, entre outras tantas que formam o Rio Grande do Sul, deixaram um grande legado musical ao cancioneiro gaúcho. Dessa forma, o projeto contribui para a pesquisa, o resgate e a valorização da cultura, aproximando o público da diversidade de ritmos como a milonga, o xote e o chamamé, e da linguagem poética, característica da região. Grandes autores como Lupicínio Rodrigues, Vitor Ramil, Jayme Caetano Braun, Noel Guarany, Mário Barbará, Nico e Bagre Fagundes, Elton Saldanha, Luiz Coronel, Apparicio Silva Rillo, Atahualpa Yupanqui, Gildo de Freitas e Cenair Maicá, entre outros, compõem o repertório do Rock de Galpão.

#ORockdeGalpão10AnosnaEstrada #RockdeGalpão #JoãoLopes #JoãoTriska #NhôBelarminoeNháGabriela #pequenoauditóriodoTeatroPositivo #RockdeGalpãoemCuritiba

23 visualizações