Buscar

Inspirado na obra de Eduardo Galeano, espetáculo traz histórias verídicas de mulheres da resistência


O espetáculo “Para não morrer”, inspirado na obra “Mulheres”, de Eduardo Galeano, traz histórias verídicas de mulheres da resistência - célebres e anônimas - que transformaram o meio em que viviam. As apresentações serão nos dias 22 e 23 de março, às 20h, no Teatro Sesi São José dos Pinhai. Em cena, chama a atenção a atuação de Nena Inoue, vencedora do Prêmio Shell 2019 de Melhor Atriz pela performance.

Durante a apresentação, o público é convidado a refletir sobre temáticas femininas e feministas atreladas a questões histórico-políticas, especialmente da América Latina. O espetáculo, idealizado por Nena Inoue, conta com a dramaturgia do curitibano Francisco Mallmann e a parceria de criação de Babaya.

Sentada em uma poltrona, a atriz/narradora se apropria da palavra e dá voz a muitas outras ao rememorar grandes feitos de perseverança contra a opressão. Nena, em cena, apresenta uma narradora fisicamente limitada, mas que insiste em falar e que intersecciona distintas vivências e aprendizados, evocando muitas presenças e alternando força e ternura. A peça fala sobre luta, opressão e violência. Mas também trata de resistência, liberdade e afeto.

A Classificação etária é de 14 anos e o ingresso é solidário (1kg de alimento não perecível). O Teatro fica na Rua Quinze de Novembro, 1800, em São José dos Pinhais.

O espetáculo realizou, até o momento, 115 apresentações em várias regiões do País e, em 2017, foi indicado aos Prêmios de Melhor Espetáculo, Direção, Cenário, Figurino e Atuação. Foi premiado pelo Troféu Gralha Azul 2017 de Melhor Atriz pela atuação de Nena Inoue, que também foi indicada ao prêmio Botequim Cultural.

#SesiCultura #TeatroSesiSãoJosédosPinhais #NenaInoue #FranciscoMallmann #Babaya #TocaCultural

6 visualizações