Buscar

Inauguração do Cine Passeio traz de volta a Curitiba a cultura dos cinemas de rua


Uma inauguração que movimentou a cena cultural esta semana em Curitiba foi a abertura do Cine Passeio, um complexo localizado próximo ao centro histórico, na rua Riachuelo, que resgata os antigos cinemas de rua Luz e Ritz, além de oferecer espaço para a formação audiovisual e ambientes facilitadores para o desenvolvimento da economia criativa.

O que encantou o público foi uma grande projeção mapeada de clássicos do cinema estrangeiro e nacional na fachada do Cine Passeio. A iniciativa da Prefeitura Municipal também homenageou o fundador da Cinemateca de Curitiba, Valêncio Xavier. O cineasta, que dá nome ao estúdio destinado à formação de profissionais especializados em cinema, foi representado por sua mulher, Luci Niculitcheff.

A inauguração do novo espaço foi celebrada com gasosa de gengibirra e pipoca. “É a cara de Curitiba”, disse o prefeito Rafael Greca. A abertura do Cine Passeio integra uma série de ações da prefeitura que pretende recuperar prédios públicos e particulares, além de monumentos da região central.

No terraço do Cine Passeio, batizado pelo prefeito de "Cinema Paradiso", em homenagem ao clássico do cinema italiano do final da década de 1980 – os convidados assistiram a cenas dos filmes “O bom, o mau e o feio” e “Cinema Paradiso”, com trilha sonora de Ennio Morricone, executada pela Orquestra à Base de Cordas de Curitiba.

A rua Riachuelo foi fechada ao tráfego para que uma multidão pudesse assistir à projeção dos clássicos na fachada do edifício, com uma trilha sonora especialmente preparada para o evento. O público foi convidado a conhecer o Cine Passeio e compareceu em peso, lotando todas as salas e manifestando admiração pelo espaço.

A produtora Jussara Locatelli, vice-presidente do Sindicato da Indústria do Audiovisual do Paraná, acompanhou a inauguração. Ela considera que o Cine Passeio é um espaço dedicado a quem produz cinema. “Nós, da indústria audiovisual, às vezes temos dificuldade de entrar no circuito comercial, pois os filmes estrangeiros ocupam as salas disponíveis. Essa é, sem dúvida, uma oportunidade de contar bilheteria e mostrar para a população a produção local”, disse.

Jussara também observa mudanças na paisagem urbana. “Já podemos perceber que o Cine Passeio mudou o seu entorno, modificou a atitude das pessoas, que passaram a frequentar um lugar que era esquecido. Sem dúvida, o Cine Passeio, além de permitir que as pessoas possam frequentar o cinema, faz a gente voltar aos bons tempos da Rua Riachuelo e do Paço Municipal”, ressaltou.

O complexo tem no subsolo uma área dedicada às ações de formação, que recebeu o nome de Espaço Valêncio Xavier, homenagem ao escritor, cineasta e criador da Cinemateca de Curitiba, falecido em 2008. Conta com uma sala multiuso (Estúdio Valêncio Xavier), com 110 lugares, também dotada de modernos equipamentos, com projetor móvel e tela retrátil.

No mesmo ambiente funcionará a Sala Video On Demand (VOD), que se refere ao consumo de conteúdo digital com escolha do usuário, como por exemplo Netflix e Amazon. Com tela 4K de 86 polegadas, o local possibilitará o acesso a diversos conteúdos digitais, com disponibilidade de 12 lugares.

No piso está instalada também a segunda unidade do Worktiba, primeiro coworking público do Brasil criado para atender a necessidade de pequenos e microempreendedores. Esta unidade terá como foco a economia criativa, o audiovisual e a inovação.

O segundo pavimento, onde também está a Sala Ritz, dispõe de uma área para cursos na área do audiovisual, com 90 lugares, que pode ser locada e utilizada por produtores independentes, parceiros estratégicos, com a Universidade Estadual do Paraná (Unespar), a Associação de Vídeo e Cinema do Paraná (Avec) e o Sindicato da Indústria do Audiovisual do Paraná, e também pelo público em geral.

Um cinema a céu aberto também faz parte do complexo do Cine Passeio e funciona no terraço, que dispõe ainda de uma área para eventos. Esse local poderá ser utilizado para atender eventos ligados às áreas de economia criativa (design, moda autoral, gastronomia).

Junto à entrada do Cine Passeio, na Rua Riachuelo, fica a Sala Luz, que dispõe de 90 lugares, e também funciona uma cafeteria, que trabalha com produtos selecionados da região de Curitiba (cafés, vinhos e cervejas artesanais).

Na programação do Cine Passeio, até o dia 3 de abril, será exibido o filme Albatroz, dirigido por Daniel Augusto e com Alexandre Nero, Andréa Beltrão, Maria Flor, Camila Morgado no elenco. A produção nacional foi lançada em 2017 e conta a história de Simão, um fotógrafo que se apaixona pela atriz judia Renée, com quem viaja a Jerusalém. Ele registra um atentado terrorista e se torna mundialmente famoso, porém muitos disparam críticas à sua atitude: em vez de tentar evitar a tragédia, preferiu fotografar. Os horários e a programação completa estão no site da Fundação Cultural.

Com área de 2.597 m², o Cine Passeio ocupa uma edificação histórica, classificada como Unidade de Interesse Especial de Preservação (UIEP), que foi totalmente restaurada e adaptada para receber as atividades culturais dentro do programa Rosto da Cidade. Originalmente, o prédio foi construído em meados da década de 1930 para abrigar setores administrativos do Exército e assim funcionou até aproximadamente o final da década de 1990. Ele é de propriedade do município desde 2010, ano em que foi transferido para a Fundação Cultural de Curitiba.

“Essa proposta de misturar filmes de arte e filmes comerciais na programação é bem interessante. Muitos jovens que virão conhecer esse lugar atraídos pelos filmes mais comerciais, vão se deparar com bons filmes e poderão despertar para o cinema arte. Vão descobrir que cinema não é só Hollywood. Muitos poderão até descobrir o amor pela produção de cinema”, comentou a jornalista Gabrielle Russi, estudante de pós-graduação em Cinema da Universidade Tuiuti. “É um excelente espaço para a formação audiovisual, o que ainda está em falta em nossa cidade”, afirmou.

O estudante Otávio Corrêa, aluno da Unespar, comentou sua satisfação de participar da abertura do Cine Passeio. “Para nós o cinema é como se fosse uma porta para um mundo que queremos atingir. Queremos ter nossos filmes sendo exibidos aqui. É ótimo entender e poder estar ao lado de todo esse público que está passando por aqui hoje”.

As informações e fotografias são da Assessoria de Imprensa da Fundação Cultural de Curitiba.

Cine Passeio

Endereço: Rua Riachuelo, 410 - Centro

Contato: (41) 3323-1979 cinepasseio@fcc.curitiba.pr.gov.br

Horário de funcionamento: Atendimento administrativo: (segunda a sexta) 9h às 18h Aberto ao público: 10h às 22h

Bilheteria: 14h às 20h30 Café: 10h às 22h

#FundaçãoCulturaldeCuritiba #RafaelGreca #CinePasseio #Cinemaderua #CineLuz #CineRitz #LuciNiculitcheff #ValêncioXavier #cinemaparadiso #OrquestraàBasedeCordasdeCuritiba #EnnioMorricone #TocaCultural #AlexandreNero #MariaFlor #AndréaBeltrão #CamilaMorgado #Albatroz #DanielAugusto

67 visualizações