Buscar

Peça convida o público a refletir sobre a depressão. Na Hora do Adeus será apresentada nesta terça (


Uma reflexão sobre saúde mental, distúrbios emocionais psicológicos com mensagens de força, encorajamento e superação. Assim é o espetáculo teatral “Na Hora do Adeus”, com texto do psicoterapeuta paulista Jarbas Capusso Filho, dirigido por Daniel Dias da Silva, e que tem no elenco os atores Marcus Tardin e Kenny Alberti.

A última apresentação da peça será nesta terça, dia 2 de abril, às 20 horas, no Auditório Brasílio Itiberê (Secretaria de Estado da Cultura - R. Cruz Machado, 138 - Centro), na programação do 28° Festival de Curitiba. Um trabalho que, após breve temporada no Rio de Janeiro, ganhou notoriedade por abordar temas delicados como culpa, depressão e suicídio.

FOTO: ROBERTO CARDOSO

“Temos a certeza que em um mundo cada vez mais carente de amor e afeto, onde o desânimo assola a sociedade, precisamos vibrar energias de força e superação. É para isso que construímos este trabalho, é sobre isso que desejamos pensar junto ao público, abordando temas difíceis com humor e leveza”, afirma Tardin.

Assista ao teaser

A peça conta a história de um casal que, após um acidente, a depressão e a possibilidade de suicídio se tornam presentes, últimas palavras são ditas, o afeto transborda transmitindo todo sentimento contido, uma nova percepção surge do desejo de que tudo pode ser diferente.

A partir de um arrependimento sincero, entendem que não dá para voltar atrás, refazer o caminho, o que resta é aprender e crescer com os erros. Com amor, dor e superação percebem que a vida precisa ser refeita, redirecionada, só que agora por uma outra perspectiva. De forma poética, recheada de metáforas, a história deste casal provoca questionamentos sobre vida, morte, culpa, depressão e suicídio, temas que permeiam o cotidiano daqueles que sofrem perdas fatais, mistérios que despertam fascínio sobre a mente humana desde a sua existência.

Os ingressos estão disponíveis no site oficial do Festival e custam R$ 40. A Classificação etária é de 12 anos.

#Nahoradoadeus #JarbasCapussoFilho #MarcusTardin #KennyAlberti #FestivaldeCuritiba2019 #FestivaldeCuritiba #28ªediçãodoFestivaldeCuritiba #depressão #AuditórioBrasílioItiberê #DanielDiasdaSilva

47 visualizações