Buscar

Espetáculo da Crisálida Companhia de Arte discute identidade, no Espaço Obragem, em Curitiba


A peça “Estrangeiras – Sobre Lugares que Nem Sabemos que Existem”, da Crisálida Companhia de Arte, nasceu do desejo comum de um coletivo de artistas de discutir o tema identidade. E por se tratar de um assunto de natureza intangível, a peça obviamente não traz respostas, mas reflexões. Tentativas de contextualizar as manifestações da existência.

A temporada segue, no Espaço Obragem (Alameda Júlia da Costa, 204 - São Francisco), até dia 26 de maio, de quinta a sábado, às 20h, e aos domingos, às 19h.

Com direção de Rafael Camargo, o espetáculo traz quatro atrizes em cena: Cléo Cavalcantty, Edith de Camargo, Karla Fragoso e Marcilene Moraes.

"São quatro mulheres em busca de um corpo, de um lugar e de um sentido. Elas poeticamente questionam, humanamente percebem a dificuldade de ser e estar. São mulheres atemporais e seus não lugares em cena. As repetições de diálogos, a circularidade dos pensamentos, a investigação das estruturas corporais, desenham a forma e imprimem a consciência deste não lugar”, afirma o diretor.

O espetáculo tem duração de 50 minutos e a classificação etária é de 16 anos. Os ingressos custam R$ 20 / R$10 (meia entrada).

Foto: Elenize Dezgeniski

#CrisálidaCompanhiadeArte #EstrangeirasSobreLugaresqueNemSabemosqueE #EspaçoObragem

8 visualizações