Buscar

Johnny Hooker encerra turnê com show na Ópera de Arame, dia 7 de junho


"Uma mulher em fúria no corpo de um homem com os olhos marejados de lágrimas", assim se define o cantor pernambucano Johnny Hooker, que este ano encerra a turnê do seu segundo álbum "Coração". Curitiba é uma das cidades selecionadas para receber o show de despedida, no dia 07 de junho, a partir das 20 horas, na Ópera de Arame (Rua João Gava, 970). Além de Hooker, a noite conta com abertura da banda curitibana Mulamba e encerramento da festa Brasilidades. Os ingressos estão à venda com valores que variam de R$ 40 a R$ 120.

Em "Coração", lançado em 2017, Johnny resgata ritmos tradicionais como samba, brega, frevo, guitarrada e axé, numa reafirmação identitária brasileira em letras que expressam o amor em tempos contemporâneos, renascimento, paixões marginais e além. O álbum percorre caminhos entre o Tropicalismo e o Blue-eyed Soul Americano. "Como se o "Cinema Transcendental" de Caetano Veloso e o "Young Americans" de David Bowie tivessem um filho no Recife", define o cantor.

Johnny já foi vencedor do Prêmio da Música Brasileira, na categoria Melhor Cantor em 2015. No ano passado, Hooker foi nomeado pela ONU Brasil como campeão da igualdade na campanha de Livres & Iguais. O título é conferido às pessoas que apoiam oficialmente a iniciativa das Nações Unidas pela igualdade de direitos.

Mulamba

A banda curitibana Mulamba também estará no palco, unindo influências que vão do rock à música erudita, com forte posicionamento feminino. Formada por seis mulheres de vozes dissonantes, a banda é um grito, um suspiro de encantamento, um furacão, que promete levar ao palco da Ópera de Arame força e poesia.

As integrantes reforçam o protagonismo feminino na música nacional, cujo álbum de estreia, o homônimo “Mulamba”, está sendo celebrado por público e crítica. Juntas desde 2015, Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Érica Silva (baixo, guitarra e violão), Fer Koppe (violoncelo) e Naíra Debértolis (guitarra, baixo e violão) são contundentes em reiterar os anseios e as inquietações de quem transforma a luta pela igualdade de gênero em batalha diária e música.

Brasilidades

A Festa Brasilidades é formada por um coletivo de artistas, DJs e produtores musicais que têm como objetivo celebrar e difundir a música popular brasileira em todas as suas vertentes. Nascida em 2013 na cidade de Curitiba, a festa já realizou mais de 200 edições em seus cinco anos de caminhada.

Encabeçada pelo produtor cultural Gil Preto e o ator e DJ Luiz Bertazzo o coletivo já alcançou uma média de 70 mil pessoas em suas diferentes edições. Comprometido em levar para as pistas de dança o que há de melhor e mais dançante no amplo leque de repertórios da música popular brasileira, combinando batidas regionais de todos os cantos do Brasil: Samba, Carimbó, Grooves, Regionalismos e Pop Rock Nacional nas vozes dos consagrados Tim Maia, Jorge Ben, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Rita Lee, Gal Costa, Chico Buarque, Gilberto Gil, entre outros.

Fotos: Caio Sales e Luciana Petrelli

Informações de Braian Bogu

#JohnnyHooker #brasilidades #Mulamba #ÓperadeArame #PrêmiodaMúsicaBrasileira #CacaudeSá #FerKoppe #ÉricaSilva #CaroPisco #AmandaPacífico #NaíraDebértolis #FestaBrasilidades #GilPreto #DJLuizBertazzo

30 visualizações