Buscar

Segunda edição do Canto pá Quentá será no dia 11 de junho. Evento celebra manifestações e festejos d


De 11 a 13 de junho, Curitiba recebe a segunda edição do Canto pá Quentá, uma iniciativa independente que reúne exibição de filmes, música e muitas manifestações da cultura popular paranaense. Lia Marchi, organizadora do evento, explica que o destaque deste ano serão as celebrações ao Divino Espírito Santo.

"São diferentes fazeres e nuances, em suas expressões e rituais de relação com a divindade, por meio de seus cantos, toques, e instrumentos utilizados intermediando as bênçãos, rezos, agradecimentos e pagamentos de promessas. Por isso a nossa proposta do Canto pá Quentá é ecoar os chamados aos encontros, e facilitar a aproximação, as práticas, os diálogos, as pesquisas e estudos sobre o ser e o fazer das Culturas Populares Brasileiras, acreditando nos valores de convivência, fortalecendo vínculos e a potência coletiva", explica.

Foto de capa: Daniel Castellano

Para abrir os trabalhos, no dia 11, a partir das 19h30, o público é convidado a experimentar vivências, diálogos, trabalhos e saberes sobre a Festa do Divino, ao lado de Lia Marchi e da convidada Mestra Roxa, do Maranhão. Será no SESC Paço da Liberdade (Praça Generoso Marques, 189 - Centro), em Curitiba. Logo após, será exibido o filme "Divino - folia, festa, tradição e fé no litoral do Paraná", uma obra que registra os desafios de homens e mulheres que se dedicam a seguir a bandeira do Divino, em localidades isoladas do litoral do Estado. A entrada é gratuita.

Mestra Roxa é natural de Santa Rosa dos Barões/Itapecuru, onde iniciou o aprendizado em toques do Divino com sua mãe e depois com Severina caixeira régia de Santa Rosa. Em São Luís, participa das festas do Divino e ministra oficinas. No Maranhão, esta é uma valiosa tradição marcada pela presença significativa das mulheres – as caixeiras – mulheres e mestras que conduzem os festejos, através de toques dos tambores (Caixa do Divino) e cantigas.

Nos dias 12 e 13 de junho, das 19h às 22h, haverá oficina de Toque de Caixa do Divino e Cânticos com a Mestra Roxa. O investimento é de R$70 por dia, por pessoa. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail cantarimcultural@gmail.com ou pelo telefone (41) 99707-7082. O local é o Guata Porã Ete - na rua Capitão Virgínio de Oliveira Melo, 134 - Mercês, em Curitiba.

E para auxiliar na realização do Canto pá Quentá, foi organizada uma rifa que vai arrecadar recursos e sortear trabalhos artesanais e autorais relacionados ao tema. Confira!

RIFA CANTARIA

Uma cesta com artesanais e trabalhos, com:

- 1 Livro Os Tocadores 10 anos - de Lia Marchi

- 1 Livro Tarja Branca - de Hélio Leites

- 1 CD Caboclo - Itaercio Rocha

- 1 DVD As Aventuras de uma Viúva Alucinada - Grupo Mundaréu

- 1 DVD Ko Yvy Ma Ndopa Mo’ãi - Essa Terra não vai terminar - Cantarim

- 1 Cesta Indígena Aldeia Tapixi - Artesã Joventina

- 1 Pôster ( 15x21) do Canto pá Quentá 1ª Edição, arte de Bruna Fronza (Buia)

- 1 Pôster (15x21) do Canto pá Quentá 1ª Edição, arte de Bruno Romã

- 1 Cesta de produtos orgânicos - Pé de Mexerica.

#LiaMarchi #CantopáQuentá #Divino #SESCPaçodaLiberdade #MestraRoxa

123 visualizações