Buscar

Afinidades, primeiro álbum de Christiano Caldas faz homenagem a compositores mineiros

Prestes a completar 30 anos de carreira, o músico, que também é produtor musical, arranjador e engenheiro de áudio, reúne em seu primeiro disco, composições de Juarez Moreira, Célio Balona, Celso Moreira, além de Frederico Heliodoro, Thiago Nunnes e outros compositores da nova geração.

Christiano Caldas | Foto: Thiago DiNazaré

Neste trabalho Christiano Caldas faz uma homenagem à música instrumental mineira e sustenta a narrativa musical sob a perspectiva de um repertório mais melódico, que dialoga com o jazz standard, a bossa nova e suas referências do clube da esquina.

A música de trabalho é a que abre o disco (Vida Nova Outra Vez), do jovem compositor mineiro, Frederico Heliodoro. "Afinidades" foi gravado em março de 2021, no estúdio Stereoutono, sob engenharia de áudio de Marcelinho Guerra e no Studio 71 sob a batuta de Christiano Caldas, que ainda foi responsável pela produção musical, arranjos, piano e acordeon, mixagem e masterização.


O lançamento desse álbum, além de marcar essa nova fase na carreira de Christiano Caldas e iniciar a celebração dos seus 30 anos de música, foi um momento muito especial, em que ele teve a oportunidade de gravar com o filho Thiago Caldas, que tem 17 anos, é guitarrista e fez sua primeira gravação oficial, na faixa Estação 104.


Desde o início de sua carreira, Christiano nunca parou, sempre esteve entre o estúdio e as viagens para shows. Em 2020 não foi diferente, mesmo com o isolamento e tendo que se adequar ao novo momento, trabalhou muito. Produziu sete das doze músicas do álbum Paisagens Sonoras, de Flávio Venturini, mixou e masterizou a música “Drão" (Gilberto Gil), relançada por Milton Nascimento, além de participar das duas lives do cantor e compositor. Fez também uma apresentação solo pelo projeto BH Instrumental e participou das lives de Beto Guedes, Flávio Venturini, Banda 14 Bis, entre outras.


Ouça: https://backl.ink/147083776

Distribuição: Naza Music

Produção Executiva Iris Prates.

Projeto realizado com os recursos da Lei Aldir Blanc no âmbito do estado de Minas Gerais.

Assessoria de Imprensa: Luciana Braga

36 visualizações