Buscar

Artistas do Brasil se unem para lançar música de protesto

Falta de incentivos públicos para o setor cultural mobilizou músicos de várias regiões do país.

Nacho Martin é da banda Guantas, de SP

A pandemia tem impossibilitado diversos shows, festivais e manifestações culturais em modo presencial. Mas quem disse que, mesmo à distância, os músicos não podem se encontrar? Com este pretexto nasceu o projeto Cat Jump Ska All Star, um supergrupo que reúne músicos de diversas bandas de vários cantos do Brasil e que acaba de lançar a faixa "Sonhando Acordado".


A ideia surgiu quando Du Moreira (carreira solo-ABC/SP) apareceu com uma letra e melodia e jogou em um grupo de músicos e amigos na internet. Nacho Martin (Guantas-São Paulo/SP) veio com alguns versos, acompanhado de seu ukulele. Daí em diante, a "troca de figurinhas" ficou ainda maior. Juntou-se ao projeto: Victor H (Skabong-Aracajú/SE) na bateria, Álamo Leonardo (Poplars-Americana/SP) nos coros, Sarah Bini (Skabong-Aracajú/SE) na voz, Edu Z (Sapo Banjo-ABC/SP) no baixo, Edu Cursino (Sapo Banjo-ABC/SP) nas teclas, John Souza (Demasiada Presión-São Leopoldo/RS) na guitarra, Nilvo Krauze (carreira solo-ABC/SP) nas rimas e Kiko Bonato (Buena Onda Reggae Clube-ABC/SP) no saxofone.


Assista:


"A melodia de 'Sonhando Acordado' foi feita em casa, antes da pandemia. Era um ska instrumental que eu não conseguia colocar letra. Ela ficou parada em meus arquivos e, quando fui convidado a entrar em nosso grupo de Whatsapp, percebi que ali tinham bandas e pessoas interessantíssimas. Em uma de nossas conversas, alguém sugeriu fazermos um som do zero e na hora lembrei desse ska que estava guardado. Mandei para a galera ouvir... Daí por diante, a história virou musica", conta Du Moreira.

“‘Sonhando Acordado’ remete ao momento atual em que estamos vivendo. Quem não quer acordar deste pesadelo? A premissa é clara: o atual governo está nos matando e precisamos acordar. Acordar de forma lírica ou literal, mas do jeito que está não aguentamos mais. Esperamos trazer um pouco de alívio para um momento tão delicado como este e quem sabe nos reunirmos para valer depois que tudo isso acabar. O single pode ser parte de um álbum? A banda pode vir a fazer shows? Ainda não sabemos, mas o primeiro passo foi dado", diz Nacho Martin.


O single está disponível em todas as plataformas de streaming e também conta com videoclipe, gravado totalmente à distância. Edu Z e Victor H assinam a mixagem e masterização, enquanto Nacho Martin ficou à frente da parte gráfica e audiovisual.


Ficha técnica

Du Moreira - Letra e Voz

Nacho Martin - Letra, Voz e Ukulele

Alamo Leonardo - Coros

Sarah Bini - Voz

Edu Z - Baixo

Edu Cursino - Teclados

Victor H - Bateria

John Souza - Guitarra

Nilvo Krauze - Rima

Kiko Bonato - Saxofone

75 visualizações