Buscar

As tradições do Natal para o Grupo Folclórico Raízes de Bolívia

O Natal é uma das datas mais importantes do calendário anual para os bolivianos.|

Na foto, os pais de Marcelo Adad , Daphne e Alejandro.

E para finalizar as matérias especiais da Toca Cultural, nesta semana natalina, hoje conversamos com Marcelo Adad, do Grupo Folclórico Raízes de Bolívia, com sede em Curitiba, no Paraná. Ele nos relata que a herança mestiça e indígena no país continua a ter influência na celebração do Natal. Nesta noite as famílias frequentam a 'Misa del Gallo', assim chamada porque voltam para casa de manhã cedo ao mesmo tempo que o galo canta.

"Uma das tradições únicas do Natal na Bolívia é assistir à missa com duas oferendas, uma delas deve ser a figura do menino Jesus, a outra deve refletir a profissão do ofício que a pessoa desenvolve no dia a dia".

Quando as famílias voltam da missa da meia-noite, eles desfrutam de um jantar, que geralmente consiste em uma Picana, que é uma sopa feita com carne, batata, milho e outros vegetais.

Acompanha salada, frutas e carnes assadas ou de porco. Quase sempre brindam com bebidas geladas. Na manhã seguinte, costumam consumir chocolate quente e pastéis doces.


Então vem a Epifania ou Dia de Reis no dia 6 de janeiro, dia em que as crianças recebem um presente, e na noite anterior devem deixar os sapatos do lado de fora de casa para que os Reis Magos deixem seus detalhes.


O Natal também é época de colheita na Bolívia, por isso celebram a generosidade da Mãe Terra, agradecendo o que ela lhes deu durante o ano e com a esperança de tê-la no futuro.

Celebração do Solstício de Verão, antes do Natal, na Bolívia
"Outra tradição que continua forte é a entrega de uma cesta básica entregue por um empregador aos seus funcionários, com alimentos básicos e itens de Natal, como biscoitos, vinho, panettone e balas. Na Bolívia, o Natal também se enche de fogos de artifício, e as comemorações podem durar a noite toda com fogos de artifício".

Para os lares bolivianos, o mais importante na decoração de Natal não são as luzes do lado de fora de suas casas, nem a árvore de natal, ali o que não pode faltar é a manjedoura, também chamada de presépio decorado da forma mais criativa possível diante do qual dançam-se os chamados “Villancicos”.


É um ritmo musical próprio da época de natal e nas ruas podem ser encontrados frequentemente grupos de meninos e meninas dançando e cantando Villancicos encantando a vizinhança recebendo em troca goloseimas, balas, biscoitos, etc.

NAVIDAD EM ZUDAÑEZ

O Natal em Zudáñez no departamento de Chuquisaca (ao sul da Bolívia) foi declarado Patrimônio Cultural e Imaterial do país por meio da Lei Nacional no 994 de 2017. O município está localizado a aproximadamente 100 quilômetros de Sucre. Nesta época, acontecem danças típicas entre palmas e sapateados protagonizados por jovens casais que diante de presépios ou altares alusivos ao nascimento de Jesus, demonstram sua devoção e alegria pelo nascimento do salvador.

61 visualizações