top of page
Buscar

Ave Lola segue nova temporada com Shakespeare até 21 de abril

Após grande sucesso durante Festival de Curitiba, tenda Ave Lola continua recebendo público para assistir à peça Sonhos de Uma Noite de Verão. Dia 14 tem sessão com audiodescrição e libras.

Sonhos de Uma Noite de Verão | Foto: Caique Cunha

O Festival de Curitiba acabou, mas a companhia Ave Lola segue a temporada com a comédia Sonho de Uma Noite de Verão, do lendário dramaturgo William Shakespeare, até 21 de abril. Com casa cheia nas duas primeiras semanas, a trupe espera agora conseguir receber também as dezenas de pessoas que não conseguiram ingressos durante o Festival.


O local e formato das apresentações tem sido atrativos por si só – uma tenda de 150 m², em um estacionamento no centro de Curitiba - ao lado da sede da companhia. As sopas e quitutes preparados pela cozinha da companhia também ajudaram a aconchegar o público diverso e interessado. Os ingressos seguem sendo cobrados no sistema “Pague o Quanto Vale”, política adotada pela trupe desde a sua fundação.


A peça, que foi escrita há mais de 400 anos, tem se provado mais uma vez atemporal e muito envolvente. Por meio de uma encenação teatral popular, a montagem convida o público para testemunhar momentos de paixão, magia e loucura. A história de seres da natureza, como deuses, fadas e duendes, se entrelaça com a de jovens apaixonados em uma narrativa intensa e muito divertida. Com direção de Ana Rosa Genari Tezza, a peça conta com música criada e executada ao vivo por Arthur Jaime e Breno Monte Serrat. No elenco estão os atores Cesar Matheus, Helena de Jorge Portela, Helena Tezza, Kauê Persona, Larissa de Lima, Marcelo Rodrigues, Pedro Ramires, Wenry Bueno e Willa Thomas.


Até o final desta temporada a companhia também realiza a exposição Desenhos de um ensaio de verão, do artista Raro de Oliveira, na sede da companhia - ao lado da tenda. São obras, em formato de sketches, que foram produzidas nos ensaios da montagem da peça. Elas revelam um retrato íntimo e afetivo dos bastidores da criação teatral, capturando improvisos, erros e acertos da trupe. Uma boa pedida para ser apreciada antes do início do espetáculo, uma vez que os ingressos são distribuídos uma hora antes do início, ou durante o intervalo entre os dois atos.

 

Tenda Ave Lola

O conceito da Tenda Ave Lola não é só atraente, mas tem uma boa história por trás. Durante a pandemia, surgiu a necessidade do grupo de voltar a trabalhar. A inusitada ideia de construir um teatro ao ar livre embaixo de uma tenda saiu do papel e permitiu o reencontro dos artistas com o seu público de forma presencial em Curitiba, respeitando todos os protocolos sanitários da época. Desta iniciativa, surgiram duas temporadas de espetáculos de sucesso, parcerias internacionais, apresentações musicais e muitas outras expressões artísticas.


O resultado foi tão expressivo que o conceito foi selecionado no ano passado para compor a Quadrienal de Praga, o maior evento dedicado à arte da cenografia no mundo - tendo este vídeo exibido dentro da programação.

 

Sobre a política Pague O Quanto Vale

A Ave Lola foi uma das pioneiras na adoção da política Pague O Quanto Vale, há cerca de 13 anos. Desde sua fundação, possibilita a entrada no teatro para todas as pessoas, independentemente de seu poder aquisitivo.


“A política instiga uma reflexão sobre o valor da arte, possibilitando que as pessoas expressem suas percepções de forma concreta. E isso contribui diretamente para a manutenção da trupe", conta Ana Rosa Genari Tezza, fundadora e diretora da Ave Lola.

"Antes de cada apresentação explicamos sobre a política de pagamento de ingresso. Buscamos deixar o público à vontade e mostrar que esta escolha preza por um equilíbrio entre o poder e o querer no que diz respeito à remuneração do nosso trabalho", conta.

 

Sobre Ave Lola

A Ave Lola é uma companhia de teatro que há mais de uma década vem encantando o público com espetáculos premiados que circulam o Brasil e o exterior. Reconhecida por sua pesquisa no teatro popular brasileiro, a companhia busca constantemente aprimorar sua linguagem teatral. Além disso, assina produção de livros, filmes, exposições, oficinas e articulação com artistas do mundo todo – sendo berço de projetos artísticos de diversas áreas. A companhia já conquistou 34 prêmios, entre eles 20 premiações do Gralha Azul e indicações para o Shell e Cesgranrio. Desde a fundação, em 2010, a Ave Lola soma um público de mais de 90 mil pessoas em seus espetáculos.


Toda a gestão é feita por mulheres, garantindo espaço e visibilidade para elas no mundo das artes. A começar por Ana Rosa Genari Tezza, fundadora, diretora e dramaturga. Nascida em Curitiba e criada na Amazônia Brasileira (Rio Branco – AC), tem mais de 30 anos de teatro, tendo seus últimos trabalhos como diretora de produção e como artista amplamente reconhecidos pelo público e pela crítica especializada. Conta com indicações e premiações nacionais e internacionais, além de parcerias firmadas com grupos do Chile, Alemanha, Dinamarca, Holanda e França.


Serviço:

Tenda Ave Lola (Rua Marechal Deodoro, 1227 - Centro)

Ingressos: Pague O Quanto Vale

Distribuídos por ordem de chegada ao teatro.

Recomenda-se chegar com uma hora de antecedência


Espetáculos

Sonhos de Uma Noite de Verão e exposição Raro de Oliveira

Até 21 de abril de 2024

Horários: 10 a 14 de abril e de 17 a 21 de abril, às 19h30

Sessão com audiodescrição e libras: 14 de abril às 19h30

Classificação Indicativa: 12 anos

Duração: 2h45 dividida em dois atos

A temporada Sonho de Uma Noite de Verão é uma realização do Ministério da Cultura e da Ave Lola, pela Lei de Incentivo à Cultura. Tem como instituição beneficiada o Hospital Pequeno Príncipe e o patrocínio Aldo Solar, Facchini, Arcelor Mittal, Kuhn, MA Máquinas, Metisa, Ritmo Logística e Demóbile.



Informações: Viviane Granato


14 visualizações

Comments


bottom of page