Buscar

AWON OMODÉ promove a ações afrorreferenciadas para as crianças

Evento propõe fortalecer a identidade e o acesso infantil a um conteúdo afirmativo.|

"Itans que Encantam" será apresentado na programação

A Companhia de Arte Elementos vai beber nas palavras iorubá “awon omodé” que significa “as crianças” para idealizar um projeto que busca dialogar com o universo infantil. A maneira encontrada está nas formas de educar das culturas africana e afrobrasileira, que evocam a ancestralidade e a história negra para construção da identidade.

O projeto apresenta atividades artístico-educacionais para infância focadas na autoestima, identidade, história e representatividade estética e cultural para crianças, valorizando ainda as produções artísticas afrorreferenciadas, que colaboram com a diversidade.


A programação inicia em maio com quatro oficinas: Improvisação Teatral - Eu me vejo, eu te vejo, Jogos e Brincadeiras Africanas, Confecção de Abayomi e de Brinquedos Africanos e Afrobrasileiros, que serão realizadas online pelo Zoom.


Já entre os dias 7 e 9 de maio, ocorre apresentações online do espetáculo "Itans que Encantam", da Companhia de Artes Elementos, que conta histórias sobre relações familiares de afeto e propõem uma reflexão sobre empatia.


Para os pequenos que adoram um audiovisual, o projeto disponibilizará três minisséries com cinco episódios de Contação de História, Teatro de Bonecos e Musicalizando a História, tanto o espetáculo quanto as séries poderão ser acompanhados no canal do YouTube da Companhia de Arte Elementos.


Afim der uma experiência múltipla e mais completa, a Companhia de Arte Elementos junto com Souz Empreendimentos promoverão ainda, o lançamento de quatro livros: As Aventuras de Nyasha, Os Aprendizados de Dila, A Mãe de Ayó e a Candace Luena escritos por Juliana Monique e Cláudio Nyack, numa literatura afirmativa, negrorreferencia e superdivertida.


Segundo Juliana Monique, a idealizadora do projeto, ressalta: Awon Omodé busca produzir um conteúdo afirmativo, que valorize a cultura negra desde a infância, aproximando as crianças da sua história.


O projeto caminha por múltiplas linguagens o que propicia a atender ao interesse das crianças além de diversificar sua diversão, seja através de livros, do teatro, ou por vídeos. Podendo ser apreciado em casa junto com família, mas também nas escolas, colaborando no cumprimento da lei 10639/2003 e acessibilizando os educadores a um conteúdo multidisciplinar.


O AWON OMODÉ - Afroperspectivas para uma infância plural foi contemplado pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundo da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.


Serviço

O quê: “AWON OMODÉ – afroperspectivas por uma infância plural”

Quando: 03 á 09 de Maio

Que horas: Horários Diversos

Onde: Canal do YouTube da Companhia de Artes Elementos-https://youtube.com/c/ciaelementos

Quanto custa: Gratuito

Informações? https://linklist.bio/ciaelementos

Texto: Juliana Monique

13 visualizações