top of page
Buscar

Destinos inusitados: cinco refúgios praianos para curtir verão adiantado no Paraná

Locais pouco conhecidos que se tornam a fuga perfeita para aproveitar as altas temperaturas.

Travessia para Ilha do Mel, Pontal do Sul (Prefeitura de Pontal do Paraná)

Com calor intenso e termômetros alcançando marcas atípicas, o Paraná enfrenta uma forte onda de calor. Segundo dados do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), esta onda é a mais intensa dos últimos três anos. A capital paranaense atingiu os extraordinários 34,8ºC, registrando o dia mais quente do ano e aproximando-se do recorde histórico de 35,9ºC estabelecido em janeiro de 2019. O município de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana, registrou temperatura de 34,9ºC – a mais alta desde que começaram as medições na cidade. Essas temperaturas atípicas são atribuídas ao fenômeno El Niño,caracterizado pelo aquecimento anormal das águas do oceano Pacífico.

Procurando se refrescar em meio às altas temperaturas, as pessoas têm encontrado diversas opções para aproveitar os dias encalorados, seja dando mergulhos na piscina do clube, saboreando sorvetes e paletas mexicanas ou aproveitando as sombras das árvores nos parques. Nesse contexto de verão fora de época, as praias se tornam ainda mais atrativas, considerando que estão menos movimentadas por não estarmos na época de alta temporada.

Refúgios praianos pouco conhecidos As praias continuam sendo a alternativa mais desejada nesse cenário de calor extremo, e o litoral paranaense oferece opções variadas para agradar tanto aqueles que preferem o agito de uma praia lotada quanto os que apreciam a calmaria de uma praia deserta. Confira algumas sugestões:

  • Para aqueles que desejam fugir das praias mais conhecidas e tradicionais do estado, que costumam atrair muitos visitantes, como a Ilha do Mel, uma excelente alternativa é a Ilha do Superagui, que pode ser acessada por barco a partir de Guaraqueçaba, Paranaguá ou até mesmo da própria Ilha do Mel. Com pouca afluência de pessoas e praias praticamente desertas, a Ilha do Superagui oferece momentos de tranquilidade em meio à natureza, proporcionando uma sensação de paz e sossego. Além disso, há diversas opções de pousadas, restaurantes especializados em frutos do mar, lanchonetes e mercearias para atender às necessidades dos visitantes.


Superagui (Divulgação)

  • A Barra do Saí também é uma ótima opção para aqueles que buscam descanso e relaxamento, sem abrir mão da companhia de outros turistas. Localizada na fronteira entre Paraná e Santa Catarina, esta região é perfeita para banhos de mar e praticar surf. Um dos atrativos é a rica cultura local, destacando-se a vila de pescadores, onde é possível contratar passeios que incluem mergulhos acompanhados pelos pescadores locais. Recomenda-se levar alimentos, principalmente fora da temporada, visto que não há muitas opções de hotéis e pousadas.


  • O Balneário Pontal do Sul, localizado em Pontal do Paraná, é a escolha ideal para aqueles que gostam de caminhar ou andar de bicicleta. É uma praia sossegada, com mar de ondas suaves, oferecendo ótimas condições para banhos e prática de esportes. Nas proximidades, encontram-se diversas facilidades como mercearias, farmácias, mercados e restaurantes, além da disponibilidade de pousadas e hotéis para uma estadia confortável.


  • Outra boa pedida, especialmente para famílias com crianças pequenas, é a Praia dos Amores, localizada em Caiobá, entre as praias Brava e Mansa. Suas águas calmas tornam o ambiente ideal para os pequenos e para aqueles que desejam praticar esportes aquáticos ou simplesmente nadar com tranquilidade. Nas proximidades, há uma variedade de comodidades, como sorveterias, mercados, restaurantes, bares, hotéis e pousadas, proporcionando uma experiência dinâmica e completa.


  • No município de Matinhos, encontra-se a Praia Grande, uma região simples, mas com uma extensa faixa de areia. É uma ótima opção para famílias, embora seja necessário ter cuidado com as crianças, já que o mar é mais agitado e é mais indicado para quem curte o surf e o kite surf. Nos arredores, há bares, sorveterias e mercearias simples, além de poucos hotéis e pousadas.


Informações: Central Press

11 visualizações

Comments


bottom of page