Buscar

Doce (desilusão) estreia no Festival de Curitiba


Depois de assinar as direções dos espetáculos "Os Esquecidos" e "A Cartomante", da Companhia Teatro Terapia, o ator e diretor Kelvin Millarch apresenta "Doce (desilusão)", uma solo-perfomance que terá sua estreia no Festival de Curitiba.


A produção é da Companhia Kà, criada em conjunto com o também ator e diretor Caio Frankiu, voltada para experimentos cênicos, espetáculos e peças experimentais. O primeiro texto a ser apresentado é uma desconstrução artística, onde o personagem aborda as frustrações de seus anseios e trava uma luta interna para manter seu sonho vivo. Traz também analogias à realidade e quebras da narrativa, que buscam provocar a imersão do espectador para os discursos do personagem, dividido em três momentos: monólogo, bonecos e canto.


As apresentações serão nos dias 31 de março e 1º de abril, no Auditório da Uninter. Os ingressos custam R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira).


Serviço

"Doce (desilusão)"

Texto e Direção: Kelvin Millarch

Concepção e interpretação: Caio Frankiu

Equipe técnica: Beatriz Marçal e Maria Elis.

Gênero: Drama

Apresentações: 31 de março, às 20h30. E dia 1 de abril, em dois horários - às 14h e às 17h.

Local: Auditório Gilson Roberto Picler - Uninter (ao lado da praça Osório), em Curitiba.


0 visualização