Buscar

Emicida abre programação online do Festival de Curitiba nesta quinta-feira (17)

A programação do FestivalOnline, entre 17 e 24 de setembro, será gratuita.|

Emicida | Foto: José de Holanda

No ano em que a pandemia do Coronavírus mudou os hábitos no mundo todo, o Festival de Curitiba encontrou um caminho alternativo para manter as artes cênicas em movimento, garantindo sua essência de sempre buscar fazer um festival para todos.


Entre 17 e 24 de setembro, será realizado o Festival Online, uma versão digital e enxuta, que será uma prévia da 29.ª edição do Festival de Curitiba, que ainda deve acontecer presencialmente seguindo todas as orientações sanitárias de segurança, em data a ser confirmada. As atrações serão disponibilizadas, gratuitamente, nas plataformas digitais do Festival de Curitiba.


O aclamado cantor, compositor e rapper paulista Emicida é o convidado para abrir a programação, com o seu projeto “Emicida – Live Show”. O Festival Online contará ainda com o ao vivo infantil do Grupo Triii, em uma ação do Programa Guritiba e com a obra “Antunes Filho: $odoma \G/omorra { TRANSMISSÃO } de Luiz Päetow”. 


Uma parceria com o Sesc-SP, a peça fazia parte da Mostra da 29.ª edição do Festival e fará, agora, sua estreia em uma transmissão ao vivo, concebida e dirigida por Luiz Päetow, nas redes sociais do Festival de Curitiba e do Sesc-SP. Haverá também uma edição especial do projeto Teatro Vivo em Casa, iniciativa da Vivo para incentivar a cultura e ampliar o acesso à arte durante esta pandemia, com a apresentação do espetáculo “Maternagem”, dia 19, às 20h, com a atriz Amanda Acosta.


A programação se completa com um curso de Paulo de Moraes, diretor da Armazém Cia de Teatro, voltado a atores, diretores e dramaturgos, além de um bate papo sobre Mediação Teatral, com a participação de três especialistas que são referência no tema: Flávio Desgranges, Annie Martins e Robson Rosseto. Os shows de Emicida e Grupo Triii, o bate papo e a oficina contarão com tradução em libras.


O distanciamento social visa preservar a saúde de todos, porém a necessidade de se ‘isolar’ é dispensável. É nisso que a equipe do Festival de Curitiba acredita e quer colocar em prática com a ação online. As artes trazem em sua essência um forte poder de aproximação que ganha nova intensidade com o apoio da tecnologia. As inúmeras transmissões ao vivo pelas redes sociais ao longo dos últimos cinco meses, que mantiveram o teatro e a música pulsando, apesar das dificuldades enfrentadas pelo setor (incluindo algumas promovidas pelo próprio Festival de Curitiba), demonstram isso muito bem. 


“Em tempos de distanciamento social, as artes têm o poder curativo de aproximar e aliviar as ansiedades. Passamos esses meses buscando formas seguras de levar cultura e entretenimento para as famílias até chegarmos a este formato. O Festival é para todos e, nesse momento, queremos levar pela internet, um dos canais mais democráticos, parte de nossa programação acessível para todos do Brasil e, até mesmo, do mundo”, diz o diretor e idealizador do Festival de Curitiba, Leandro Knopfholz, reforçando que a 29.ª edição do evento está em desenvolvimento e deverá ser um capítulo especial nesta história de três décadas.

Uma programação pensada no atual momento


Emicida é um artista do palco. Ele sabe que nada substitui o encontro físico, mas também tem o entendimento da importância da arte em um momento como o que estamos vivendo. Por meio de shows virtuais, o rapper paulistano achou uma maneira de levar um pouco de diversão e leveza para aqueles que estão em casa.


A cada apresentação é uma novidade no repertório, feito bastante no freestyle, seguindo o sentimento do momento. Acompanhado pelo DJ Nyack e pelo músico e cantor Thiago Jamelão, Emicida percorrerá, neste show especial de forma online para o Festival de Curitiba, por músicas que marcaram a sua carreira. 


Emicida | Foto: Júlia-Rodrigues

Emicida faria sua apresentação no palco do Guairão. Porém, o palco tradicional terá que esperar um pouco mais, mas o público do Festival de Curitiba vai curtir em um novo formato mais seguro de show, no dia 17 de setembro, às 21 horas, gratuitamente, por meio do canal no Youtube do Festival de Curitiba.


No dia 18 de setembro, às 20h, a coordenadora do Fringe Curitiba, Carol Scabora será a mediadora de um bate-papo teatral com a participação de três especialistas, dentro do tema “A Atuação do Espectador Teatral”. Serão abordados temas: Produção, recepção e mediação.


Carol está ágil no comando dessas conversas, já que durante a pandemia conduziu várias lives nas redes sociais do Fringe, falando sobre os novos caminhos que estão se abrindo para a produção cultural. Participam como convidados a professora do Curso de Teatro da Universidade do Estado do Amazonas, mestre em Letras e Artes e doutoranda em Educação na linha de pesquisa em Linguagem, Corpo e Estética na Educação, Ms. Annie Martins;  o professor da graduação e da pós-graduação do Departamento de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Santa Catarina, mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense e doutor também em Educação pela USP, Dr. Flávio Desgranges; e o professor de pós-graduação em Artes e coordenador do curso de Teatro da Unespar, mestre em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina e doutor em Artes da Cena pela Universidade Estadual de Campinas, Dr. Robson Rosseto.


Programa Guritiba também será representado no Festival Online, com o show do o Grupo Triii, um fenômeno na internet entre crianças e adolescentes, com o show “Miudinho”, marcado para o dia 19 de setembro, às 16h. O Grupo Triii conta com mais de 85 mil seguidores no Youtube, com vídeos vistos por mais de 2,4 milhões de pessoas. Celebrando 10 anos de carreira, a live apresentará uma seleção especial de músicas e brincadeiras que foram apresentadas ao longo dessa década, por Marina Pittier (voz), Fê Stok (guitarra e voz) e Ed Encarnação (bateria e voz), que trazem canções tradicionais brasileiras e composições autorais. No repertório, clássicos do grupo, como "A E I O U", "O Tomate e o Caqui", "Vira Virou” e "Pão, Pão, Pão", se misturam com as inéditas “Pipoca, Pipoca” e “Xote da Dona Ema”.


No mesmo dia 19/09, às 20h, a Vivo, uma das patrocinadoras do Festival de Curitiba, participa também com uma ação do projeto Teatro Vivo em Casa – Sessão Especial, com a apresentação da peça “Maternagem” dentro da programação do Festival Online. A empresa vai criar um hotsite no qual as pessoas interessadas em assistir a transmissão farão um cadastro e receberão um link da plataforma Zoom, na qual será transmitida a peça. A liberação do cadastro será a partir do dia 15 de setembro na plataforma Vivo Cultura, que pode ser acessada pelo perfil @vivo.cultura no Instagram. Protagonizado por Amanda Acosta, com direção de André Fusco, a peça conta sobre quatro mulheres de idades diferentes que, ao conversar sobre suas vidas, acabaram por revelar as mães que são ou que se tornarão.


Inicialmente, em seu formato tradicional (pré-pandemia), “Antunes Filho: $odoma \G/omorra { TRANSMISSÃO } de Luiz Päetow” teria duas apresentações no Guaíra, denominadas {tubos de ensaio I & II} cujo objetivo seria inaugurar os processos criativos, na construção do nosso espetáculo. Agora, em sua versão digital, o Festival realiza esta {transmissão}, que transcende as molduras convencionais do teatro. A intenção é oferecer uma fruição inesperada das artérias cênicas pesquisadas pelo visionário, recém-falecido, diretor Antunes Filho (1929-2019), a partir de sua peça inédita Sodoma & Gomorra. 


Trata-se de um projeto secreto (de 1998) sonhado por Antunes em parceria com Päetow, mas que, devido à sua laboriosa gestação, nunca chegou a ser ensaiado. No último diálogo que tiveram, Antunes entregou-lhe um texto “inacabado” (já que, de acordo com seus notórios, longos processos criativos, somente chegaria à versão definitiva, quando fosse retrabalhado em cena) com a seguinte dedicatória: “Päetow, só você consegue encenar esta peça. Eu te amo! Antunes Filho”.


O diretor Paulo de Moraes, da Armazém Cia de Teatro, também participa do Festival Online, ministrando o curso “Compor a Cena”, com quatro aulas, entre os dias 21 e 24 de setembro, das 20 às 22h. Voltado a quem atua no teatro, terá vagas limitadas e o período de inscrição será divulgado em breve.  Moraes explica que as aulas partirão de quatro espetáculos do grupo Armazém gravados em vídeos, que serão disponibilizados em links aos inscritos: ‘Toda Nudez Será Castigada’, ‘Inveja dos Anjos’, ‘Hamlet’ e ‘Parece Loucura Mas Há Método’ serão a base para discussões relativas às montagens destes espetáculos. Em cada encontro, ele estará acompanhado de artistas/criadores que participaram da elaboração dos espetáculos. Apresentadores, patrocinadores e apoiadores  Festival de Curitiba tem parceiros fundamentais para sua realização e é patrocinado pelo Ebanx, Vivo, Uninter, Renault do Brasil, Continental, Banco RCI Brasil, Junto Seguros, Copel - Pura Energia, Sanepar, Governo do Estado e GRASP. O Programa Guritiba é apresentado por Banco CNH, com patrocínio de Novozymes e Fibracem. Acompanhe as informações e novidades do Festival de Curitiba e de seus apresentadores, patrocinadores e apoiadores pelo site www.festivaldecuritiba.com.br, pelo Facebook @fest.curitiba, pelo Instagram @festivaldecuritiba e Twitter @fest_curitiba. Os projetos dos dias 17, 18, 19 de setembro, além da Oficina entre 21 a 24 de setembro contarão com intérprete de libras.

Programação:

17/09, às 21h – Emicida (Live Show)

18/09, às 20h – A Atuação do Espectador Teatral”Bate-papo teatral com convidados especialistas no assunto Annie Martins, Flávio Desgranges, Robson Rosseto e mediação de Carol Scabora

19/09, às 16h – Show Online "Miudinho - Grupo Triii" 

19/09, às 20h - Teatro Vivo em Casa - Sessão Especial: "Maternagem"

20/09, às 21h30 – “Antunes Filho : $odoma \G/omorra { TRANSMISSÃO } de Luiz Päetow”

21/09 a 24/09 das 20h às 22 – Curso “Compor a Cena”, com Paulo de Moraes da Armazém Cia de Teatro.

*Todas as ações feitas de forma online e serão gratuitas. 

Serviço:

Festival Online – Ação online do Festival de Curitiba Data: 17/09 até 24/09 Canais digitais do Festival de Curitiba Todas as ações e atrações gratuitas Facebook: @fest.curitiba Instagram: @festivaldecuritiba Youtube: youtube.com/festcuritiba Informações: falecom@festivaldecuritiba.com.br www.festivaldecuritiba.com.br

*Confira a programação e a classificação de cada atração **Os projetos dos dias 17, 18, 19 de setembro, além da Oficina entre 21 a 24 de setembro contarão com intérprete de libras. 

21 visualizações