Buscar

Espaço Cultural BRDE lança novo episódio do podcast sobre erva-mate

Terceiro episódio fala sobre os rótulos ervateiros, numa entrevista com o professor José Humberto Boguszewski.


Com o título “Os rótulos da erva-mate”, o terceiro episódio da série de podcasts já está disponível nas redes sociais do Espaço Cultural BRDE– Palacete dos Leões e do Museu Paranaense.


O episódio traz uma entrevista com o professor José Humberto Boguszewski sobre suas pesquisas relacionadas aos rótulos da erva-mate no Paraná, destacando os impactos do surgimento da litografia como nova solução para impressões em maior escala e um panorama da indústria gráfica local na produção dessas narrativas visuais.


José Humberto Boguszewski é artista, pesquisador e designer. Graduado em Artes Plásticas pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, foi professor do Departamento de Design da Universidade Federal do Paraná.


Foi na UFPR que ele defendeu a dissertação “Uma história cultural da erva-mate: o alimento e suas representações”, de 2007, e a tese “A primeira impressão é a que fica: imagens, imaginário e cultura da alimentação no Paraná (1884-1940)”, de 2012, ambas sob orientação de Carlos Roberto Antunes do Santos.


Para a coordenadora do Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões, Rafaela Tasca, as pesquisas do professor José Humberto constituem uma importante referência para estudos sobre os rótulos ervateiros.

“Nesta entrevista, o professor nos instiga a pensar sobre a forma como estamos preservando elementos da cultura material. Se considerarmos a quantidade de rótulos produzidos naquele período do final do século 19 e início do 20, poucas peças foram preservadas, sendo parte significativa desses exemplares pertencentes ao acervo do Museu Paranaense”, disse.

COOPERAÇÃO – A série de podcasts integra o programa Circuito Ampliado – Acervos em Circulação, uma iniciativa de cooperação institucional idealizada pelo Museu Paranaense e pelo Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões, que propõe fomentar estudos sobre acervos relacionados à erva-mate a partir da perspectiva histórica, antropológica, artística e cultural.


Além de duas exposições que discutem memória, representação, identidade e representatividade, os podcasts trazem entrevistas com pesquisadores com estudos variados sobre o tema, contribuindo para a ampliação das percepções sobre o patrimônio ervateiro.


BRDE – Inaugurado em junho de 2005, o Espaço Cultural BRDE - Palacete dos Leões, em Curitiba, é mantido e coordenado pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Oferece programação gratuita, realiza exposições e atividades relacionadas à história, artes visuais, arquitetura e patrimônio cultural. Sua agenda contempla um programa de exposições temporárias e projetos em parceria com outras instituições culturais. A sede é o centenário Palacete Leão Jr., edificação tombada como Patrimônio Cultural do Estado do Paraná desde 2003.


MUSEU PARANAENSE – O Museu Paranaense, fundado em 1876, é o mais antigo do Paraná e o terceiro mais antigo do Brasil. Com um acervo atual de aproximadamente 800 mil itens, as peças são mostradas ao público em exposições abertas e gratuitas, divididas em salas de mostras temporárias e de longa duração. Devido ao rico acervo histórico, o museu tem uma forte atuação de pesquisa em áreas como a Antropologia, História, Arqueologia, mas também propõe conexões interdisciplinares entre estes campos, combinadas com uma visão expandida para a Arte Contemporânea.


Serviço

Episódio 3 – “Os rótulos da erva-mate” com José Humberto Boguszewski

Como acessar: Redes sociais do Museu Paranaense @MuseuParanaense e Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leoes @EspacoCulturalBrde


A cada mês, um novo episódio é disponibilizado nas redes sociais do Museu Paranaense e do Espaço Cultural BRDE - Palacete dos Leões. O próximo episódio será veiculado na última semana de junho, tendo como tema as bombas de chimarrão.


Na internet: www.brde.com.br

Redes sociais: @brdeoficial

Editora MPM Comunicação




7 visualizações