top of page
Buscar

Espetáculo Kaza vai percorrer oito municípios paranaenses a partir de 7 de maio

Texto fala dos dramas que envolvem a população refugiada.

Kaza, espetáculo solo de Fabiana Ferreira - Foto: Elenize Dezgeniski

O drama dos refugiados é o tema central do espetáculo solo interpretado pela atriz Fabiana Ferreira, da Tecer Teatro (Curitiba). O espetáculo "Kaza" deve percorrer o Paraná entre 7 de maio de 1º de junho. O texto é inspirado em experiências de pessoas em situações extremas e na luta pela dignidade humana.


Kaza não trata apenas de situações de guerra ou de exílio. De acordo com a diretora, Cristine Conde, é sobre ter que partir, sobre perdas e suas consequências, em como sobreviver a essas experiências. Perder a família, um filho, a terra, a cultura. Ser obrigado a deixar seu país, sua cidade, a língua natal, o emprego, a casa. Sua história, seu passado e tudo o que nos representa. Os planos para o futuro, o sonho e a esperança. Perder o chão, perder o norte. Sobre morrer e renascer. Ou morrer em vida.

A incomunicabilidade é outra questão que o espetáculo aborda, a personagem, movida pelo medo e pelo instinto de sobrevivência, tenta se comunicar, mas não é compreendida, apesar de falar em 11 línguas diferentes. O texto é mínimo, a fisicalidade é o que caracteriza o trabalho em cena.


O som e a palavra ora se manifestam quase como um grito impossível de conter ora como um lamento. A música, especialmente composta para o espetáculo e executada ao vivo, acompanha a movimentação e a dinâmica da cena conduzindo o desenrolar da história e funcionando como um elemento de conexão entre o ator, o espectador e o drama.

Para Fabiana a personagem é uma sobrevivente, que luta pela vida em meio aos mortos, as peças de roupas que compõem o cenário, assinado pela diretora, representam essas pessoas e suas histórias.

“São como peles com as quais a personagem tenta se reconstruir. Nossa intenção com este projeto é dar visibilidade para essas pessoas traumatizadas pelo sofrimento e desespero. Afinal, o que sobra, quando perdemos tudo o que amamos? Kaza aponta para o caminho da luta e da transcendência”, finaliza.
Foto: Elenize Dezgeniski

A montagem que já passou por cidades do Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro será apresentada desta vez em: Chopinzinho, Ampére, Renascença, Marmeleiro, Mandaguaçu, Faxinal, Marilândia do Sul e Araruna.

As apresentações, 25 ao todo, são totalmente gratuitas com sessões abertas ao público e também direcionadas para os alunos da rede pública de ensino de cada cidade, mediante agendamento das escolas. Os estudantes terão ainda a oportunidade de participar sem custo, por meio da própria escola, de uma oficina de teatro oferecida pela companhia. ‘O Jogo Cênico como Motivação para a Descoberta do Teatro’ será ministrada pelo ator Thadeu Peronne, em cada município.

Serviço:

Espetáculo Teatral Kaza – Circulação Paraná Classificação: 12 anos Duração: 40 minutos Realização: Tecer Teatro – Arte, Educação e Cultura DATAS DAS APRESENTAÇÕES ABERTAS: Chopinzinho: 07/05 (19h) Local: Anfiteatro David Rogos Schmitz / Rua Frei Everaldo, 399-441 – Centro

Ampére: 12/05 (19h30) Local: Anfiteatro Municipal Professora Ana Maria Basso / Rua Caramuru, s/nº - Santa Mônica

Renascença: 13/05 (19h) Local: Centro de Eventos Prefeito Geraldo Giacomini / Rua Marechal Hermes da Fonseca, s/nº - Anexo ao Lago Iara

Marmeleiro: 18/05 (19h30) Local: Centro de Capacitação de Professores / Avenida Macali, 255 – Centro (2º piso da Prefeitura Municipal, entrada pela Praça da Independência)

Mandaguaçu: 20/05 (19h30) Local: Centro Cultural Domingos Lançoni (Anfiteatro Maria Cecília Ramires) / Rua Bernardino Bogo, 155 - 3º andar

Faxinal: 26/05 (20h) Local: Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais (próximo ao Detran) / Rua lany de Oliveira Munhoz, 1880

Marilândia do Sul: 29/05 (19h30) Local: Marilândia Clube / Rua Silvio Beligni, 450 Araruna: 01/06 (20h) Local: Casa da Cultura Praça Nossa Senhora do Rocio, s/nº



Acompanhe o projeto: https://kazapartedetudo.blogspot.com.br/ Saiba mais: https://www.tecerteatro.com/ Instagram: @tecerteatro


Informações: Glaucia Domingos

18 visualizações

Comments


bottom of page