Buscar

Livro de Ulisses Iarochinski sobre história de cemitério no interior do PR está à venda na Amazon

Lançado em 2019, obra conta história sobre cemitério na Fazenda Monte Alegre. |

A obra "Sepultados em Harmonia", de Ulisses Iarochinski, lançada no final de 2019, segue atraindo a curiosidade dos paranaenses.


Em 282 páginas, o autor conta a história de um cemitério localizado na Fazenda Monte Alegre e que foi criado em 1944, no interior do Paraná. Ali estão sepultados 4.872 corpos e o livro registra essas memórias que se mesclam com a história da colonização daquela região.


Segundo Leonel Brizola Monastirsky, coordenador do Laboratório de Geografia Humana do Departamento de Geociências da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), e que assina o prefácio do livro, “muitos dos túmulos são antigos e já não existem mais restos a serem transferidos, sobrando apenas o caráter simbólico do local para visitação e para o cerimonial (oração, flores, velas, cuidado como túmulo etc); por ser antigo o cemitério apresenta uma estética singular com características peculiares; e tem um valor histórico e cultural imenso, que faz com que ele deva ser preservado”.


O livro traz a história do local e a transcrição na íntegra dos registros de todos os livros tombos. Mostra o perfil de 50 pessoas ali sepultadas, além de informações interessantes, como o número de mortos com mais de 100 anos de idade, a quantidade de vítimas de assassinatos, as cidades de origem e países. São registros que permitiram demonstrar aspectos sociológicos e étnicos das pessoas que foram enterradas ali.

Ulisses é nascido em Harmonia, quando esta localidade ainda pertencia ao município de Tibagi. Para ele, o cemitério tem uma importância que vai além das memórias dos moradores da cidade. Seu pai também está sepultado no local. Ele foi brutalmente assassinado na Vila Operária e o autor do crime, que nunca foi encontrado, chegou a enviar uma carta interceptada pela polícia, onde confessava o ato e reconhecia a inocência da vítima.


Livro está sendo vendido pela Amazon



Ulisses Iarochinski, também é autor dos livros “Saga dos Polacos – a história da Polônia e seus emigrantes no Brasil”, “Polaco – identidade cultural do brasileiro descendente de imigrantes da Polônia”, “Revelando o Contestado – imagens do mais sangrento conflito social do Brasil nas lentes do sueco Claro Jansson”, “Escrevendo para falar no rádio” e “Cruz Machado – lenda virou história”. No cinema, já produziu e dirigiu mais de 15 documentários, sendo quatro longas-metragens.

#BibliotecadoSenaideTelêmacoBorba #UlissesIarochinski #UlissesIarochinskilançanovolivro #Livrosobrecemitério #cemitério #TelêmacoBorba

0 visualização