Buscar

MON inaugura mais duas exposições virtuais no Google Arts & Culture

Uma delas é a mostra “Man Ray em Paris”, aberta cinco dias antes de o Museu fechar temporariamente suas portas e que agora poderá ser vista por todos. |

Magnólia, 1926, Impressão em gelatina e prata dos anos 1960


No Dia Mundial da Arte, comemorado em 15 de abril, o Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, inaugurou mais duas exposições virtuais na plataforma Google Arts & Culture. Agora são oito mostras disponíveis, no total. As novidades que o público poderá conferir sem sair de casa são: “Man Ray em Paris”, exposição que havia sido aberta dias antes de o MON fechar temporariamente suas portas, e “O Último Império”, do fotógrafo Serguei Maksimishin, com imagens que retratam a Rússia contemporânea e que esteve em cartaz no Museu até março de 2019.

“A arte nunca foi tão importante quanto neste momento em que o mundo passa por um período de quarentena. Para contribuir com todos que estão em casa, o MON tem criado diversos conteúdos inspiradores nas redes sociais, como oficinas do Setor Educativo e muitos outros, mas a plataforma Google Arts & Culture é, sem dúvidas, uma ferramenta importantíssima para nós e para o nosso público”, afirma a diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika.

O MON ingressou na plataforma em fevereiro de 2018, ao lado dos grandes museus do Brasil e do mundo. As oito exposições oferecidas agora são: “Luz ≅ Matéria”; “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses”; “Nos Pormenores um Universo – Centenário de Vilanova Artigas”; “Irmãos Campana”; “Não Está Claro até que a Noite Caia”, da artista Juliana Stein, e “Circonjecturas”, do artista Rafael Silveira, além de “O Último Império” e “Man Ray em Paris”.

“Esta foi a última exposição inaugurada no MON antes do fechamento temporário do Museu e retrata muito bem Paris entre 1921 e 1940, época de maior efervescência criativa de Man Ray, quando ele lá viveu. Tal período sucedeu uma grande guerra, além da gripe espanhola, o que nos faz pensar que a mostra deverá marcar também o pós-pandemia”, comenta.

FOTO: CARLOS RENATO

Juliana lembra ainda que o Museu Oscar Niemeyer produziu digitalmente em tempo recorde a exposição “Man Ray em Paris”: “Nosso objetivo era que a mostra estivesse acessível ao público o mais rápido possível, por meio da plataforma digital”.

Graças à parceria do Museu com o Google Arts & Culture, o público poderá acessar de casa muitas fotos emblemáticas deste que foi um dos maiores artistas visuais do início do século XX e expoente do movimento surrealista. Além das fotografias, também estão disponíveis na visita virtual várias outras obras de Man Ray, como objetos, vídeos, fotografias e serigrafias de tamanhos variados.

Também já está disponível na plataforma a mostra “O Último Império”, com imagens que retratam a Rússia contemporânea e que ficou em cartaz no MON até março de 2019. As fotografias de Serguei Maksimishin funcionam como um testemunho que, ao revelar o cotidiano daquele país, possibilita a imersão do público numa história que evoca o período soviético, a grave crise nos anos 90 e chega a questões atuais.

Sobre o Google Arts & Culture

Lançado em 2011, o Google Arts & Culture tem parcerias com mais de 2.000 museus e instituições culturais em todo o mundo e mais de 60 no Brasil, para que as pessoas, de qualquer lugar, possam explorar algumas das coleções de arte mais emblemáticas da história.

A plataforma tem duas missões: a primeira é dar acesso à arte e cultura a todos, em qualquer lugar; a segunda é a de ser parceiro de inovação para o setor cultural. O Arts & Culture trabalha com organizações culturais e museus para ajudá-los a compartilhar e preservar seu conteúdo e criar experiências culturais interessantes usando tecnologia de ponta, como a realidade virtual.

Sobre o MON

O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, abrigadas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Decreto

O MON está temporariamente fechado para o público, atendendo ao decreto estadual nº 4.230, que determina o fechamento dos espaços culturais do Governo do Paraná – museus, bibliotecas e teatros – e suspende os eventos artísticos e culturais a partir do dia 17 de março de 2020.

Serviço

www.museuoscarniemeyer.org.br

Museu Oscar Niemeyer na plataforma Google Arts & Culture

Disponível em g.co/contemporaryart



11 visualizações