Buscar

MON inaugura sua 13ª exposição virtual no Google Arts & Culture

A novidade é a mostra “África, Mãe de Todos Nós”. |

Foto: Leonardo Finotti

Na sexta-feira, dia 12, o Museu Oscar Niemeyer (MON) estreou sua 13ª exposição virtual no Google Arts & Culture. A novidade é a mostra “África, Mãe de Todos Nós”, promovida pelo MON e que marcou o início de uma parceria entre a instituição e a Coleção Ivani e Jorge Yunes (CIJY).


Inaugurada em julho de 2019, a exposição foi dividida em três módulos: “Conexão entre Mundos”, “Figuras de Poder” e “A Música e a Sonoridade”, que apresentam, respectivamente: uma significativa coleção de máscaras africanas, bustos e estatuetas e, por fim, instrumentos musicais daquele continente. Este último recorte, “A Música e a Sonoridade”, permanece em cartaz e poderá ser visto também presencialmente pelo público quando o Museu for reaberto.


Todas as peças foram adquiridas pelo colecionador e empresário Jorge Yunes ao longo de quase três décadas. A curadoria das exposições é assinada por Renato Araújo da Silva, historiador em Filosofia pela Universidade de São Paulo e coautor, entre outros trabalhos publicados, do livro “África em Artes”.

Google Arts & Culture


O MON ingressou na plataforma Google Arts & Culture em fevereiro de 2018, ao lado dos grandes museus do Brasil e do mundo. Além de “África, Mãe de Todos Nós”, outras 12 exposições estão disponíveis na plataforma. São elas: “O que é Original?”, de Marcelo Conrado; “Declaração de Princípios”, de Geraldo Leão; “Luz Matéria”; “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses”; “Nos Pormenores um Universo – Centenário de Vilanova Artigas”; “Irmãos Campana”; “Não Está Claro até que a Noite Caia”, da artista Juliana Stein; “Circonjecturas”, do artista Rafael Silveira; “O Último Império”, de Serguei Maksimishin; “Man Ray em Paris”; “Antanas Sutkus: Um Olhar Livre” e “União Soviética Através das Câmeras”.


Lançado em 2011, o Google Arts & Culture tem parcerias com mais de 2.000 museus e instituições culturais em todo o mundo. O MON está entre os mais de 60 museus brasileiros desde fevereiro de 2018.

MON em Casa


O Museu Oscar Niemeyer (MON) lançou uma programação virtual especial para o período de distanciamento social. Com a hashtag #monemcasa, o público acessa uma série de ações, como oficinas educativas que podem ser feitas por toda a família. Há atividades específicas para o público maior de 60 anos, que costumava participar do programa Arte Para Maiores, enviadas agora via WhatsApp.


Nas redes sociais do @museuoscarniemeyer também é possível visitar exposições e ateliês, aprender mais sobre as quase 7 mil obras do acervo do MON e assistir a entrevistas de artistas que têm obras no acervo da instituição, além de participar de oficinas artísticas e educativas. O Museu conta ainda com exposições que podem ser vistas na íntegra virtualmente, no Google Arts & Culture, sem sair de casa. No site do MON, o visitante tem acesso a tours virtuais em 3D pelo Museu e por várias exposições.

Sobre o MON


O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, abrigadas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Decreto


O MON está temporariamente fechado para o público, atendendo ao decreto estadual nº 4.230, que determina o fechamento dos espaços culturais do Governo do Paraná – museus, bibliotecas e teatros – e suspende os eventos artísticos e culturais a partir do dia 17 de março de 2020

0 visualização