top of page
Buscar

Nova produção Curitibana, ‘Canto solitário’ estreia no dia das crianças

Filme que estreia dia 12 de outubro, traz à tona o que um menino de 7 anos sente de verdade e precisa esconder de seu pai.

Filme Canto solitário | Foto: Divulgação

Plínio, um menino de 7 anos, vive com seu pai viúvo, que o agride por seu comportamento e preferências femininas. Seu pai deseja que ele se comporte como “um menino de verdade”, e diz que ele nunca deve mentir, mas o que o pai não sabe é que essa foi a forma que Plínio encontrou de protegê-los. Todavia, talvez quando ele descubra o maior segredo de seu filho, seja demasiado tarde.


O filme gravado inteiramente em Curitiba de produção da Moussaieff Produções levanta um debate importante sobre os segredos que crianças podem esconder por medo de seus pais.

A diretora, Shaiane Luz, espera sensibilizar que amar é a grande solução.


“Embora o filme não tenha sido permeado literalmente pelo caminho de homofobia, sabemos que esta comunidade sofre até mesmo na vida adulta por ser quem são, e quem mais causa esse sofrimento costuma ser a própria família. Mas para quem olhar com cuidado, verá que o filme não fala sobre sexualidade, mas sobre negação de autenticidade dos filhos. Esperamos que um olhar de empatia seja criado com questões de ‘ser diferente’.”


Ainda para ela, “O filme fala sobre traumas, paternidade e aceitação. A premissa da história caminha com o objetivo de expor o quanto a não aceitação e tratamento dos pais podem traumatizar uma criança, e que isso é um reflexo de algo que muitas vezes nos negamos a ver: De que nossos filhos não são nossos espelhos, querer que um filho seja de acordo com sua expectativa pode tornar sua existência dolorida e delicada.”


Já a roteirista do filme, Dama Oliveira, conta que a história traz o debate sobre a violência que as crianças sofrem.


“A violência não ensina, ela apenas causa traumas, e muitas vezes nos leva a perder nossas crianças. Na sociedade atual, onde as pessoas são perdidas, deprimidas, e violentas, temos que nos perguntar, onde isso começa? Se criamos na dor e no preconceito, como podemos esperar pessoas felizes e realizadas? Seu filho pode ser gay, trans, hétero, o que for, tudo que ele precisa é amor e compreensão, assim ele pode CRESCER, algo que parece simples, mas é muito difícil.”

‘Canto solitário’ estreia no dia 12 de outubro no Youtube após 5 dias de filmagem em várias locações da cidade e mobilizar mais de 25 profissionais da área. Assista ao trailer do filme no link.



SERVIÇO:

“Canto Solitário”

Quando: 12 de outubro

Onde: Youtube ( acesse o canal )

Quanto: Gratuito


FICHA TECNICA:

Direção e produção: Shaiane da Luz

Fotografia: Gustavo Fonseca e Paulo Petraski

Arte: Brenda Mena

Fotografia Still: Diego Bernardes

Assistentes: Gabriel Lucas e Gabriel Fontes

Figurino: Lorenzo Marcel

Operador de câmera: Joas Junior e Gustavo Fonseca

Edição: Shaiane da Luz

Assessoria de Imprensa: Igor Horbach

Elenco: Murilo Gricolo, Duílio de Pol, Fernanda Leite, Hertz Wendell, Margheurita Dissá, Alexia Mendonça e Diego Giusti.


Informações: Igor Horbach


12 visualizações

Comments


bottom of page