top of page
Buscar

Pri Lacerda lança primeiro single autoral em português

Música vem acompanhada de videoclipe gravado todo em animação. Confira!

A curitibana Pri Lacerda celebra a vida em “Capricorniana”, seu primeiro single autoral em português. O lançamento da música e do videoclipe anunciam a nova fase da cantora e compositora, também conhecida por seu trabalho na banda de jazz e blues Snap Jazz.


Ouça “Capricorniana”: https://ffm.to/capricorniana

O primeiro projeto solo foi lançado em 2018, num EP com cinco canções que faziam uma ponte entre a nostalgia do soul e a música pop. Agora, nessa nova fase, a cantora absorve todo o amadurecimento desde seu primeiro trabalho, e traz mais ênfase às questões íntimas e emocionais que vieram à tona na humanidade durante a pandemia.

"Alguns desengavetaram projetos esquecidos, outros aprenderam a fazer nada. E outros estão entendendo que o fato de a gente estar ainda aqui é um presente. Talvez seja o momento oportuno de fazer uma viagem interna e deixar aqueles julgamentos, aquelas cobranças de lado e simplesmente ser você. É isso que estou tentando fazer, ser EU”, reflete Pri.

“Capricorniana” chega às principais plataformas de streaming através do selo Pomar e o clipe, ao canal de YouTube da artista.


Confira:


Atuando no cenário musical de Curitiba desde 2013, Priscilla soma a uma trajetória profissional como jurista, mestre em Direito Econômico, professora universitária há mais de 10 anos e escritora, tendo publicado um livro de Direito sobre igualdade e, recentemente, participou da Bienal do Livro com o seu primeiro livro infantil “O Mundo Colorido da Girafa Zazá”. A música foi rapidamente de uma paixão dormente e hobby a alguns dos principais festivais e palcos da região, participando inclusive do Sofar Curitiba.

A nova série de lançamentos de Pri Lacerda ganha um pontapé inicial igualmente inventivo com um clipe assinado por Izabella Francheschi e Rosano Mauro Jr repleto de cores e texturas, com direção de arte e animação de Nathalia Okimoto - um testamento da própria versatilidade da artista.

“Escolhi começar com ‘Capricorniana’, pois é uma música que eu escrevi em casa, bebendo uma taça de vinho tirando sarro de mim, do meu jeito de ser, do que é relevante ou engraçado. O clipe vem para mostrar de uma maneira leve, divertida, que a vida pode ter várias facetas, que podemos sim fazer inúmeras coisas. A girafa foi escolhida fazendo um link direto com o meu livro infantil, mas principalmente pelo fato de a girafa ser o símbolo da comunicação não violenta. A girafa tem orelhas grandes para escutar com empatia; um longo pescoço para ver além dos julgamentos e partilhar esta consciência; nos cascos a girafa expressa sua necessidade de autenticidade, além de ter o maior coração dos mamíferos terrestres”, completa.

Informações: Gisela Garcia

17 visualizações

Comments


bottom of page