top of page
Buscar

Roseane Santos e Luciano Faccini fundem poesia, astrologia e canção no EP Livro Vivo

Projeto é uma produção do coletivo Queda Livre e terá ao todo 3 capítulos com 4 músicas cada.

Roseane Santos e Luciano Faccin, com coletivo Queda Livre | Fotos Miro Spinelli e Cochilo Taquieta

Após inaugurar a trajetória solar de Livro Vivo com a canção Nos Últimos Graus, Roseane Santos, uma das vozes mais marcantes do cenário cultural curitibano, e o cantor, compositor e produtor Luciano Faccini lançam a primeira parte completa da obra. Livro Vivo reunirá, ao todo, 3 capítulos com 4 canções cada - compostas por Luciano a partir de textos da artista e astróloga Faetusa Tirzah. O capítulo inaugural, ou EP Livro Livro, marca o início desse percurso poético. Ouça aqui.


Os poemas, agora musicados, fazem parte de um vasto e contínuo trabalho que Faetusa tem realizado diariamente desde 2019. A proposta consiste em escrever um horóscopo a partir da leitura do céu de cada dia. De modo muito orgânico, Luciano começou a compor canções a partir destes textos e foi no encontro com Roseane que as músicas de fato amadureceram.


"O céu do dia em forma de canção ficará eternizado. Coisa de poesia e canção", reflete Roseane.

Em pouco tempo o trabalho cresceu e logo veio a intuição coletiva de registrá-lo. Para tanto, o projeto é uma produção do coletivo Queda Livre e reúne musicistas parceiros a fim de agregar outras sonoridades e delicadezas: Vic Vilandez (baixo), Nati Bermudez (voz e flauta), Daniel D’Alessandro (bateria e percussões), Otávio Augusto (clarineta, clarone, sax e arranjo de sopros) e Leonardo Gumiero (guitarra), que também assina a produção musical junto de Luciano.

Confira:



O EP Livro Vivo também contou com a interlocução do artista múltiplo e poeta Francisco Mallmann, autor de “Haverá festa com o que restar”, “América" e "Língua pele áspera”. Para o projeto, escreveu dez poemas a partir e através das canções. Há ainda a colaboração das artistas visuais Miro Spinelli e Cochilo Taquieta, que assinam capa, fotos e projeto gráfico.


"Desenvolvemos um conceito baseado na colagem e sobreposição de elementos e texturas, incorporando a visualidade analógica e manual da anotação astrológica sem exatamente reproduzir os hieróglifos em si", explicam.

O resultado de tal fusão literária, astrológica, visual e cancioneira é um apanhado musical envolto em ludicidade, característica também presente no álbum de estreia de Roseane Santos, Fronteiriça (2020). Livro Vivo é uma brincadeira entre os astros e a língua, sugerindo caminhos a se percorrer. Um Grande Circo Místico (Chico Buarque/Edu Lobo, 1983) atualíssimo. Nas palavras de Luciano Faccini, "é o próprio céu e suas ininterruptas movimentações, um livro que, como a própria vida, está sempre em desenvolvimento."


FICHA TÉCNICA LIVRO VIVO

Roseane Santos: voz

Luciano Faccini: voz e violão

Daniel D'Alessandro: Bateria e percussões

Vic Vilandez: Baixo Elétrico

Leonardo Gumiero: Guitarra

Nati Bermúdez: Flautas e voz em "Livro Vivo"

Otávio Augusto: Clarineta, clarone e sax

Arranjos de base: Roseane Santos, Luciano Faccini e Daniel D'Alessandro

Arranjos de sopro em "Junto de suas raízes" e "Nos últimos Graus da Leoa": Otávio Augusto

Trompete e trombone em "Últimos graus da Leoa": João Martins e Rodrigo Viccaria, respectivamente

Direção geral: Luciano Faccini e Roseane Santos

Produção musical: Leonardo Gumiero e Luciano Faccini

Artes e Fotos: Miro Spinelli e Cochilo Taquieta

Revelação: Pretícia Jerônimo / Digitalização: Tárcilo Pereira

Interlocutores artísticos: Faetusa Tirzah e Francisco Mallmann

Produção: Luciano Faccini

Administração de projeto: Moira Albuquerque

Realização: Água Viva e Queda Livre

Gravado, editado, misturado e masterizado por Leonardo Gumiero no Gume Estúdio em Curitiba no primeiro semestre de 2021

Todas as gravações de sopros, exceto as flautas, por Otávio Augusto no Estúdio Track Cheio

Todas as letras de Faetusa Tirzah e músicas de Luciano Faccini

Projeto viabilizado através da Lei Aldir Blanc

PROJETO REALIZADO COM RECURSOS DO PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA – FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA, DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA E DO MINISTÉRIO DO TURISMO


Informações: Da Lira Cultural


18 visualizações

Comentários


bottom of page