Buscar

Tati Klingel: Artista curitibana desenvolve técnicas para canto gutural

A cantora Tati Klingel tem longa estrada dentro do cenário musical em Curitiba. Atualmente ela integra as bandas Hokmoth e Divine Pain, ambas de metal extremo, onde desenvolve vocais agressivos, com bastante guturais e rasgados.

A Divine Pain, na última semana, foi uma das atrações principais do Acesso Music Fest, apresentando uma regravação de “Warrior’s of the Storm”, do álbum Immortality. A versão “lockdown” da canção está agora disponível no canal do Youtube do grupo.

Assista:


Outra atividade desenvolvida por Tati Klingel em tempos de isolamento social são as aulas de técnica vocal, que são lecionadas online. As aulas da vocalista alicerçam o aprendiz com prática e teoria vocal, para depois direcioná-lo ao canto orientado ao Metal, indo do lírico, drives e vocais distorcidos, que englobam do gutural grave ao mais rasgado e scream.

A carreira de Tati Klingel como vocalista de metal extremo começou há cerca de 15 anos, quando integrou o Diagora, grupo de tributo ao Arch Enemy. Posteriormente, a cantora, que cursa música na UFPR, teve marcante presença na lenda do thrash metal Mercy Killing, com a qual gravou o álbum Euthanasia, de 2015.

Atualmente integra a Hokmoth, que lançou em 2019 o EP Neophytvs. Outra banda que Tati faz parte é a Divine Pain, de Danilo Coimbra (Malefactor), com quem gravou o single – e compôs a letra - “Scarlet”.

Tati dá aulas de vocal há sete anos, com o projeto A Arte de Berrar, se tornando uma referência nacional sobre as técnicas de canto agressivo. Além do acompanhamento dos aprendizes na parte musical, Tati presta assessoria para o crescimento dos alunos como artistas em cima do palco.

Informações/Colaboração: Clovis Roman https://www.facebook.com/tatiklingel.vocal https://www.instagram.com/tatiklingel https://tatiklingel.com/ aartedeberrar@gmail.com Fotos: Melissa Giowanella

10 visualizações