top of page
Buscar

Teatro Regina Vogue terá única apresentação de “O guarda-histórias – João e o pé de feijão"

Espetáculo, que terá entrada gratuita e conta 50 minutos de duração, faz parte do programa "Diversão em Cena" de formação de público para teatro infantil do país

Foto: Allan Bravos

Uma tradicional história infantil chega a capital paranaense contada de um jeito diferente e com elementos cênicos de chamar atenção de crianças de todas as idades. Neste domingo (27), às 15h, o Teatro Regina Vogue recebe o espetáculo “O guarda-histórias – João e o pé de feijão”, do grupo Cia. Voir.


A peça tem duração de 50 minutos, com entrada gratuita e classificação etária de 3 anos. Nesta versão do clássico infantil, a história é contada dentro de outra narrativa, conforme explica o diretor do espetáculo, Max Oliveira. "A trama de João e o Pé de Feijão está inserida na História de Philip e Lucy que vão descobrir os poderes de um velho guarda-roupas que fica no porão de casa e que transporta os dois personagens para o mundo das histórias onde viverão o clássico de João e o Pé de Feijão", diz.

No espetáculo, João é um garoto que vive com sua mãe num casebre. Eles enfrentam dificuldades financeiras e precisam vender tudo o que têm, incluindo a melhor amiga de João, uma vaquinha chamada Leiteira. No caminho até a feira da cidade, João é abordado por um ancião que oferece alguns feijões, que diz serem mágicos, como pagamento pela vaquinha. Convencido de que está fazendo um bom negócio, ele a troca pelos feijões, deixa sua mãe muito furiosa. Tristonho, João acaba jogando os feijões fora. Mas, bastou uma chuva para mostrar que os feijões realmente eram mágicos e aqueles grãos se transformaram em um gigantesco pé de feijão. Curioso, João escala até chegar ao céu, onde conhece a adorável “Esposa” de um terrível gigante.

Ainda de acordo com o diretor, a versão original da história infantil foi praticamente toda mantida, e somente houve a inclusão de uma cena, em que a mãe de João resolve gastar com bobagens as moedas de ouro que o garoto trouxe após sua aventura ao escalar o pé de feijão.

Foto: Allan Bravos

Um cenário e tanto

Com a união de duas narrativas, a companhia decidiu representar todos os cenários sem sair do universo do porão da casa de Lucy, onde o espetáculo começa, conforme explica o diretor.


"O público será surpreendido com cenários que mudam dentro de um guarda-roupas e objetos ganhando vida para virar personagens, como a Leiteira, a vaquinha de João, que ganha vida através de uma tábua de passar, um tecido e um balde".

O diretor afirma, com isso, que a produção da peça é bastante teatralizada e vai fazer o público viajar e usar bastante a imaginação. "Um dos pontos altos do espetáculo é quando João escala o pé de feijão. Na cena, um efeito especial de gelo seco cria a sensação de João estar caminhando sobre as nuvens", acrescenta. A escolha da história e de Curitiba

A Cia Voir escolheu "João e o Pé de Feijão" por se tratar, segundo o diretor, de um clássico poucas vezes colocado em cena. "Em um processo de pesquisa, nossa equipe criativa entendeu que seria um ótimo momento de encená-la incluindo algumas atualizações sociais e inserindo mensagens educativas como a de ser responsável pelos próprios atos", comenta.

A capital do Paraná será a oitava parada da turnê do espetáculo, que já passou por São Francisco do Sul (SC), Joinville (SC), Osasco (SP), São Paulo (SP), Bauru (SP), Sumaré (SP) e Três Lagoas (MS). "Por estratégia do projeto, Curitiba foi incluída no roteiro por ser uma cidade de potencial artístico e que merece essa formação de público para o teatro", afirma o diretor. Depois da capital paranaense, o grupo irá se apresentar em Sabará (MG), Itaúna (MG) e encerra turnê no dia 12 de outubro de 2023 em Vitória (ES).

Foto: Allan Bravos

Promovido pela Fundação ArcelorMittal há 13 anos, o Diversão em Cena é o maior programa para formação de público para teatro infantil do país. Presente em mais de 60 territórios, a iniciativa leva atrações culturais gratuitas ou a preços populares aos teatros e espaços públicos das cidades por onde passa. O projeto é patrocinado pela ArcelorMittal, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO | DIVERSÃO EM CENA

O guarda-histórias – João e o pé de feijão (Cia. Voir).

Data: 27 de agosto – domingo. Horário: 15h. Local: Teatro Regina Vogue, em Curitiba. Duração: 50 minutos. Classificação: A partir de 3 anos. Entrada gratuita.

Ficha Técnica Elenco: Natália Foschini e Alex Alves Operador de som: Eduardo Gabriel Operador de luz: Isaias Neri Voz do gigante: Vandson Paiva Preparação de atores: Fernando Marianno Trilha sonora: Elton Towersey Design de cenário e figurino: Paula de Paoli Execução de cenário: Vagner Almeida Execução de objetos: Victor Lei Execução de figurino: Zezé de Castro Artesã: Ieda Campos Acessórios complementares: Adelina Silva Gomes Design gráfico: Celso Azevedo e Victor Hugo Dultra Ilustração de logo: Henrique Mathias Assessoria de imprensa: Fabio Camara Produção executiva: Eri Alves Produção Geral: Jardel Romão Direção Geral: Max Oliveira Produção: DESPERTAR PRODUÇÕES Realização: CIA VOIR DE TEATRO Sobre a Fundação ArcelorMittal A Fundação ArcelorMittal é o núcleo de investimento e transformação social do Grupo ArcelorMittal, e sua estratégia principal se divide em três eixos de atuação: educação, cultura e esporte. Por meio de projetos e iniciativas nessas áreas, se propõe a transformar a vida de crianças e jovens de forma coletiva e participativa, compartilhando conhecimento e inovação, contribuindo para a inclusão e a formação de cidadãos para um futuro melhor. Saiba mais em: www.famb.org.br.



Informações: Rodrigo Batista

13 visualizações

Comments


bottom of page