Buscar

Um passeio pela charmosa Colônia Del Sacramento

Destino turístico uruguaio fica a poucos quilômetros da capital argentina, Buenos Aires. |

Pra quem tá pensando em programar uma viagem especial, num lugar tranquilo e histórico, a matéria de hoje vai deixar você com muita vontade de conhecer Colonia Del Sacramento, no Uruguai. A cidade fica há 177 quilômetros da capital Montevideo, e é vizinha de Buenos Aires, na Argentina, distante apenas 60 quilômetros cruzando o Rio da Prata.

O lugar é ótimo pra quem quiser visitar museus, caminhar pelas praças históricas, tirar muitas fotos, provar as delícias dos restaurantes locais e admirar a paisagem.


Por aqui, parece que o tempo não passou. A vida pacata entremeio a ruínas e casas preservadas desde o século dezessete e dezoito, faz a gente viajar pelo tempo. Afinal, estamos na cidade mais antiga do Uruguai.


História


Colonia do Sacramento foi fundada em 1680 pelos portugueses que comandavam a corte no Rio de Janeiro, mas estavam em permanente conflito contra os espanhóis que haviam colonizado a vizinha Argentina e, aos poucos, haviam dominado Montevidéu e todas as cidades do interior do Uruguai. A cidade foi palco de inúmeras batalhas e disputas diplomáticas por 150 anos. Até que em 1828 o país se tornou independente.

E as lembranças de toda essa história estão gravadas em todo lugar. As casas, por exemplo, com fachadas vermelhas, foram erguidas pelos portugueses, e as brancas pelos espanhóis. É uma das principais características do bairro histórico, que foi tombado como patrimônio da humanidade pela Unesco, há pelo menos trinta anos.


Conhecer a história nos faz entender, quando passeamos por aqui, o porquê de tantas muralhas, canhões e ruínas que permanecem preservados no centro da cidade. São pontos turísticos que atraem visitantes do mundo inteiro.


O turismo hoje é a principal fonte de renda do lugar. A Puerta de La Ciudadela ou Portón Del Campo por exemplo, é um marco, foi construído em 1745 e é parada obrigatória para quem quer tirar boas fotos.

Ali próximo fica o Farol, de 1857, erguido sobre as ruínas do convento de São Francisco, destruído por um incêndio em meados de 1704. Se você conseguir subir os mais de cem degraus, nesse espaço estreito, lá do alto, você terá uma vista linda para o Rio da Prata e os arredores de Colônia.


Ainda na Praça Maior, que é o coração da cidade, fica a Basílica construída no século dezenove. Vale a pena visitar o seu interior e se emocionar com as antigas peças de arte sacra ainda preservadas!

Rua dos Suspiros


Outro ponto obrigatório de visitação é Calle de los Suspiros - ou Rua dos Suspiros. É uma rua emblemática, a mais famosa do centrinho antigo. Tem esse nome porque, conforme contam os relatos, era por aqui que passavam os condenados antes da execução no Rio da Prata. Eram seus últimos suspiros e lamentos de tristeza. Mas há também quem diga que aqui foi um lugar muito frequentado pelos marinheiros em busca de outro tipo de diversão. Os prostíbulos e por isso se ouviam muitos… suspiros. Hoje o que se vê é um local muito charmoso, com ateliês e comércio de artesanato.

A acessibilidade não é uma prioridade por aqui. Com o calçamento irregular e todo esse patrimônio histórico preservado, a maioria dos locais que visitamos, não está adaptada para cadeirantes ou pessoas com dificuldades de locomoção.


Carrinhos elétricos

Por aqui, dá pra fazer também um passeio em pequenos carros elétricos de aluguel. Uma forma rápida de transitar por várias ruas diferentes da cidade e ainda se aventurar por lugares mais distantes do centro. Aliás, o entardecer às margens do Rio da Prata têm muitos encantos e vale a pena sair passear por toda cidade.


À noite é possível caminhar com segurança pelas ruas, dar uma chance pra sua sorte nos cassinos e ainda provar diferentes cardápios dos restaurantes uruguaios.

Vale a pena vir com tempo para explorar todos os recantos da cidade. Com certeza isso vai te proporcionar uma experiência ainda mais enriquecedora e ótimas lembranças.

Distâncias

Colonia fica há 177 Km da capital Montevideo (Ruta 1), ou 60 Km da capital da Argentina, Buenos Aires (Via Rio da Prata - Buquebus ou Colonia Express). Mas quem desce de carro por Conchillas, Nueva Palmira ou pelo Parque Nacional Aarón de Anchorena, siga pela Ruta 21, sentido sul.


Deslocamentos


No centro histórico você vai encontrar vários estabelecimentos que alugam carros elétricos e até automóveis antigos - sim, é possível alugar um fordinho bacana pra dar uns rolés pela cidade. Escolhemos um bem moderninho, elétrico da Thrifty Car Rental. Não era muito veloz, mas o suficiente pra andar pelas ruas mais distantes e chegar até a Plaza de Toros.



De maneira geral, para se deslocar por Colonia Del Sacramento, utilizamos um serviço de taxi particular bem seguro, com carros novos, motoristas muito simpáticos e com ar condicionado (era verão, então isso conta também), e com preço fixo UYU $ 180. (algo em torno de R$ 20). Nosso hotel era distante do centro, então valeu a pena pagar dessa forma.


Hotelaria, Restaurantes etc.


A cidade possui excelente rede hoteleira e muitos restaurantes deliciosos para você apreciar.


Para se hospedar, vai depender de quanto você tá a fim de gastar. Tem vários estilos de hotéis, albergues, pousadas etc. A dica é reservar por aplicativo estilo TripAdvisor, Booking.com etc. Não tem erro!

Dos restaurantes que provamos e recomendamos, estão dois que, mesmo não sendo muito baratos, valem a pena pela qualidade da comida que oferecem.


São eles: Charco Bistró (tem uma vista linda para o Rio da Prata e um cardápio contemporâneo, elegante, é maravilhoso), e o DOS 22 Restaurante (uma cantina italiana de primeiríssima qualidade, com ótimas carnes e massas caseiras).


No centro tem uma sorveteria muito TOP na avenida principal General Flores. Se chama Bortolot Gelato & Caffe! Os sabores do cardápio são inacreditáveis. Peça o seu com "cucurucho", que é como eles chamam a casquinha do sorvete por lá.


A cidade possui dois cassinos. Um somente com maquininhas para apostas eletrônicas e outro com roletas e outros tipos de jogos.


Assista:

* * * Esperamos que vocês gostem do vídeo e das nossas dicas... Se tiverem dúvidas, não hesitem em perguntar. Nossas dicas não são patrocinadas, então o que estamos falando aqui foi experiência real meeeesmo... Abraço pra vcs, Lana e Paulo.



89 visualizações