Vídeos da internet – Nº 2: Metaleiros mirins

Por: Paulo Sérgio de Oliveira Borges
Contato: paulo.o.borges@icloud.com

Dando continuidade à série de artigos que reúne o que há de melhor (ou pior) em vídeos que rodam por aí, vamos falar do recrutamento de crianças para o exército do Metal.

 

Enquanto os artistas citados no primeiro artigo utilizavam o sagrado Metal para alavancarem suas carreiras decadentes, alguns visionários criavam personagens infantis com o objetivo de manter as crianças longe do círculo vicioso do sertanejo, axé, funk e assemelhados.

 

Dentre os vários exemplos dignos de menção, tenho que o mais importante deles são os MUPPETS, que levam o som pesado às crianças de 0 a 13 anos de idade, como no seguinte exemplo, que vale assistir na íntegra:

A performance nas interpretações de bandas de altíssimo nível é algo que realmente impressiona, o que certamente contribuirá para a formação dessas crianças.

 

Na mesma linha, existe uma banda de “meias”, menos conhecida que os MUPPETS, mas que fazem um thrash metal igualmente impressionante, na base do SLAYER e METALLICA:

O repertório educacional da “SOCK PUPPET PARODY” é impressionante, e inclui SLIPKNOT, PANTERA, NIRVANA, dentre outras. Eles seriam a minha sugestão de vídeo para colocar no celular ou tablet e acalmar crianças, principalmente naquelas longas viagens de carro.

 

E por fim, não poderíamos deixar de citar a banda da vila, composta por toda a turma do CHAVES que, desde a década de 70, vem doutrinando os pré-adolescentes do mundo todo, com registros que deveriam ser considerados “patrimônio da humanidade” pela UNESCO: 

Que o Deus Metal salve nossas crianças do pagode. Amém. \m/