Buscar

"Infância, tiros e plumas" no Teatro da Caixa neste fim de semana


A CAIXA Cultural Curitiba apresenta neste fim de semana o espetáculo Infância, tiros e plumas. A montagem fala da decadência humana a partir de histórias que se cruzam. São três situações separadas por tempos distintos. Marín, mulher desequilibrada e bipolar, está num processo litigioso de separação com Henrique, médico famoso por inventar um antidepressivo que cura traumas de infância. Porém, mesmo nessa situação, resolvem comemorar o aniversário de nove anos de Júnior numa viagem à Disney.

Enquanto isso, Suzaninha, garota mimada e arrogante, que além de miss mirim é campeã de tiros, está acompanhada de seu segurança Argos. Por medo de voar, ele se embebeda, deixando vir à tona toda sua violência. No mesmo voo ainda viajam os traficantes Pitil e Fernando, que são funcionários da companhia aérea e sequestram Juanito, um cucaracho de quatro anos, para usá-lo como “mula”.

As três histórias se encontram e geram uma série de incidentes. As situações se potencializam e modificam para sempre a vida das personagens. Em comum entre elas, apenas o desejo de vingança e a vontade de terem uma outra vida.

A Cia OmondÉ surgiu no Rio de Janeiro em 2009, a partir da vontade da diretora e atriz Inez Viana em formar um grupo com atores vindo de várias partes do Brasil. para o aprofundamento de uma pesquisa cênica, na qual fossem estudados a diversidade, a brasilidade e o diálogo com a cena mundial contemporânea. A companhia de teatro é formada por um mineiro, um potiguar, um paraibano, um paranaense e cinco cariocas.

"Infância, tiros e plumas" fica no Teatro da Caixa Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 280) de 22 a 24 de abril, sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h. A peça não é indicada para menores de 14 anos. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (meia - conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.


1 visualização