Buscar

Instalação interativa e espetáculos teatrais fazem público viajar na imaginação.


De 4 de março a 30 de abril, a peça Shtim Shlim – O sonho de um aprendiz, do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, estará em cartaz no palco da Caixa Cultural Curitiba. A ideia explora um conto popular dos povos nômades do norte da África, unindo o teatro à contação de histórias, combinados com grandes objetos feitos com tecidos coloridos. A instalação interativa permite percorrer o cenário repleto de tapetes e escutar a história simultaneamente. Aos sábados e domingos, tem também a performance dos atores Cadu Cinelli, Edison Mego, Rosana Reátegui e Warley Goulart, que narram as aventuras do jovem herói Shtim Shlim.

Escolas, instituições e organizações não governamentais interessadas em levar estudantes e outros grupos para percorrer a instalação interativa de terça a sexta-feira podem agendar as visitas pelo e-mail gentearteira.pr@caixa.gov.br . Também haverá duas oficinas de contação de histórias com vagas limitadas, uma em março, a outra em abril, para maiores de 16 anos.

A instalação interativa fica em exposição diariamente (exceto às segundas) na Galeria Mezanino. Entre os objetos representados em grande escala, está uma árvore de quatro metros de altura, um cão da raça galgo de dois metros e uma extensa cama de gato que permite o visitante atravessá-la. Aos sábados e domingos, a galeria recebe a performance que narra as aventuras de Shtim Shlim.

Oficinas

A programação é totalmente gratuita e também inclui atividades paralelas: apresentações fechadas para grupos, duas oficinas e uma roda de conversa. A primeira oficina será de 7 a 10 de março, com 12 horas de duração.

A segunda, também com 12 horas de duração, será comandada pelo coordenador da produção e ator Cadu Cinelli, de 18 a 21 de abril. O experiente contador de histórias intercala teoria e prática, na oficina dedicada à arte de contar histórias e seus desdobramentos, com dinâmicas voltadas às práticas narrativas, do diálogo entre narração e animação, com a criação de suportes plásticos, como tapetes e painéis.

As vagas são limitadas e os interessados (a partir de 16 anos) devem fazer sua inscrição pelo e-mail gentearteira.pr@caixa.gov.br, de 12 a 16 de abril. Os interessados também terão a oportunidade de participar de uma roda de conversa com Cadu Cinelli, dia 7 de abril, das 17h às 19h.

Shtim Shlim – O sonho de um aprendiz ganhou como melhor espetáculo e melhor cenário no Prêmio Zilka Salaberry, premiação dedicada ao teatro da infância e da juventude. No Prêmio CBTIJ (Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude), conquistou a melhor direção de produção e recebeu o Selo de Altamente Recomendado pelo Cepetin (Centro de Pesquisa e Estudo de Teatro Infantil).

A história de Shtim Shlim

Quando criança, Shtim Shlim tem um sonho estranho e premonitório: ele vê o sol entrando pela manga direita de sua camisa e a lua entrando pela esquerda. O pai interpreta o sonho do menino dizendo que ele vai se casar duas vezes. Ele cresce com essa visão na cabeça e, quando jovem, decide partir em busca de conhecimento com um velho mago que ensina “o tudo e a magia acima do tudo”, mas que mata os seus discípulos após o teste final. Com a ajuda da filha do feiticeiro, ele consegue se salvar e volta para a casa do pai. O mago fica furioso e vai atrás dele.

“A partir desse ponto da história, Shtim Shlim e o velho mago começam uma grande batalha de magia. Eles se transformam em diferentes objetos e animais. É uma grande aventura”, conta Cadu.

Os tapetes contadores de histórias

A companhia criada em 1998 reúne atores e contadores de histórias. O grupo utiliza diferentes objetos como cenários de contos autorais e populares de origens diversas, com o intuito de despertar o imaginário de crianças, jovens e adultos para as artes e a leitura. São tapetes, painéis, malas, aventais, roupas, caixas e livros de pano.

Atualmente, o grupo tem um acervo de 54 objetos que correspondem a um repertório que vai desde contos populares de origens diversas (Ásia, África, América do Sul e Europa) a escritores como Ana Maria Machado, Carlos Drummond de Andrade, Jutta Bauer, Manoel de Barros, Marina Colasanti, Peter Bichsel e Ricardo Azevedo.

Programação

INSTALAÇÃO INTERATIVA SHTIM SHLIM

Data: 5 de março a 30 de abril (terça a domingo)

Horário: 10h às 20h, de terça-feira a sábado. Aos domingos, das 10h às 19h.

ESPETÁCULO SHTIM SHLIM (visitação espontânea)

Data: 4 de março a 16 de abril (aos sábados e domingos)

Horário: 17h (com retirada dos ingressos 30 minutos antes)

ESPETÁCULO SHTIM SHLIM (público agendado)

Data: 7 de março a 14 de abril

Horário: às terças e quartas-feiras, às 14h, às quintas e sextas-feiras, às 9h30 (agendamento pelo e-mail gentearteira.pr@caixa.gov.br)

OFICINA “A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS”, COM INNO SORSY

Data: 7 a 10 de março (terça a sexta-feira)

Horário: das 17h às 20h

Inscrições: de 1 a 5 de março pelo e-mail gentearteira.pr@caixa.gov.br (vagas limitadas)

Classificação Indicativa: não recomendado para menores de 16 anos

RODA DE CONVERSA, COM CADU CINELLI

Data: 7 de abril (sexta-feira)

Horário: das 17h às 19h (interessados devem chegar 30 minutos antes para retirada de senhas; vagas limitadas)

Classificação Indicativa: não recomendado para menores de 16 anos

OFICINA “ATELIÊS DE HISTÓRIAS: OFICINAS SOBRE A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS”, COM CADU CINELLI

Data: 18 a 21 de abril (terça a sexta-feira)

Horário: das 17h às 20h

Inscrições: de 12 a 16 de abril pelo e-mail gentearteira.pr@caixa.gov.br (vagas limitadas)

Classificação Indicativa: não recomendado para menores de 16 anos

Serviço

Infantil: Shtim Shlim – O sonho de um aprendiz

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Galeria Mezanino – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Abertura: 4 de março (sábado), às 16h (haverá apresentação às 17h)

Data: 5 de março a 30 de abril de 2017 (terça a domingo; com apresentações aos sábados e domingos, às 17h)

Horário: 10h às 20h, de terça-feira a sábado. Aos domingos, das 10h às 19h.

Informações: (41) 2118-5114 e (41)2118.5427


0 visualização