Buscar

Cantora baiana Luedji Luna abre programação 2019 do Projeto Brasis, no Teatro Paiol com sessão extra


Dez apresentações estão na programação do projeto Brasis no Paiol 2019, que traz entre abril e dezembro nomes como Bernardo Bravo, Tulipa Ruiz, e Anelis Assumpção. Em sua sétima temporada, o evento será realizado no antigo paiol de pólvora curitibano, que foi transformado em teatro e hoje é um símbolo cultural da cidade.

No primeiro show do evento, marcado para o dia 25 de abril, às 20h, a cantora baiana Luedji Luna traz no repertório músicas de seu primeiro disco “Um Corpo no Mundo”, de 2017. Reunindo MPB, samba, ritmos africanos, o batuque baiano e o jazz, e letras que abordam temas sociais, o trabalho foi contemplado com o Prêmio Afro (2017) e o Prêmio Bravo na categoria Revelação (2018).

Mas devido a grande procura, os ingressos esgotaram rapidamente e foi preciso abrir uma sessão extra, às 21h40. A venda começa na segunda, 8 de abril, às 10h, na bilheteria do Teatro Paiol, que fica na Praça Guido Viaro, s/nº - Prado Velho.

A ideia do projeto começou em 2012, quando os produtores Bina Zanette (Santa Produção) e Heitor Humberto (Fineza Comunicação e Cultura) realizaram uma sequência de shows no Teatro do Paiol, com artistas de diferentes regiões do Brasil. A ideia central é mostrar as novidades, lançamentos, estreias e projetos especiais de artistas com trabalhos de relevância artística, que gerem interesse do público curitibano.

Em 2019, o projeto é realizado com o Projeto de Apoio e Incentivo à Cultura, da Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba. Conta com o patrocínio do Shopping Pátio Batel e o apoio do restaurante A Caiçara.

“O Teatro do Paiol é lugar muito especial. É muito legal ver o carinho que o público e os artistas têm com o espaço. Neste palco, a troca é diferente, é muito direta. Poder realizar este projeto em 2019, com artistas atentos ao momento e com obras atuais e importantes é uma alegria muito grande”, afirma uma das idealizadores do projeto, Bina Zanette.

Confira os demais artistas que se apresentam na programação deste ano:

- 23 de maio: Aláfia (SP)

Após sete anos de estrada e três álbuns lançados no Brasil e exterior, o Aláfia se prepara para turnê de lançamento do seu quarto álbum. Ligado às temáticas da cultura afrobrasileira e suas vertentes, como o candomblé, funk e o hiphop, o grupo propõe investigar mais a fundo a linguagem do samba soul, reverenciando ícones que construíram este gênero musical. Soma-se à esta linguagem, ainda, o referencial estético de George Clinton e do seu P-Funk, explorando mais as potências vocais e trazendo à tona reflexões políticas, sociais e raciais, marca predominante no trabalho da banda.

- 13 de junho: Tulipa Ruiz (SP)

A turnê do quarto álbum da cantora e compositora paulista Tulipa Ruiz chega a Curitiba pela primeira vez para um show “nude” no Paiol. Lançado em 2017, “TU” traz canções, nas palavras da própria artista, como se elas estivessem peladas, no formato voz, violão e poucas percussões.

- 11 de julho: Siba (PE)

O músico pernambucano Siba vem a Curitiba para o show de lançamento do seu terceiro álbum solo, que sairá neste semestre. Já é possível ouvir um gostinho do novo trabalho: no fim de fevereiro, lançou o single “Barato Pesado”. Siba fez parte do grupo Mestre Ambrósio e liderou o projeto Siba e a Fuloresta antes de lançar “Avante” (2012) e “De Baile Solto” (2015), discos de sua carreira individual.

- 15 de agosto: Duo + Dois: Duofel, Robertinho Silva e Carlos Malta (SP/RJ)

Neste projeto, a premiada dupla de violonistas Duofel convida dois consagrados músicos para um encontro de releituras e improvisações. No palco do Paiol, o percussionista Robertinho Silva, um dos principais nomes da percussão brasileira; e o multiinstrumentista Carlos Malta, conhecido como “escultor do vento” por sua performance com instrumentos de sopro, estarão reunidos para a estreia do projeto em Curitiba.

- 12 de setembro: Dow Raiz (Curitiba)

Revelação do hip hop nacional, o rapper curitibano Dow Raiz faz o show de lançamento de seu novo trabalho, “Danger”, no palco do Paiol, promovendo a mistura do rap com ritmos da cultura popular brasileira e influências africanas. Foi eleito pelo Prêmio Paraná Hip Hop como Destaque MC Solo em 2013, bem como vencedor da categoria Melhor Grupo e Disco do Ano, junto com o grupo Inthefinityvoz.

- 24 de outubro: Plutão já foi Planeta (RN)

Pela primeira vez em Curitiba, a banda Plutão já foi Planeta levará ao Paiol o repertório de seus dois primeiros discos, “Daqui pra Lá” (2014) e “A Última Palavra Feche a Porta” (2017). O quinteto esteve no palco do Lollapalooza em 2018 e foi vice-campeã do programa Superstar, da Rede Globo.

- 21 de novembro: Edgar (SP)

Edgar traz seu rap futurista pela primeira vez a Curitiba como parte da turnê de divulgação do álbum “Ultrassom” (2018). Ele começou costurando e vestindo lixo eletrônico para suas performances na rua e lançou um EP, um álbum e dois discos disponibilizados em formato de curta metragem. Sua voz, seu flow marcante e letras instigantes podem ser ouvidos também em discos de Elza Soares e Baiana System.

- 05 de dezembro: Bernardo Bravo (Curitiba)

Bernardo Soares Bravo traz a público o “Disco do Desassossego”, obra criada a partir do “Livro do Desassossego”, de Bernardo Soares. Por ter o mesmo nome do semi-heterônimo criado por Fernando Pessoa, ou por se confundir com ele, o disco foi criado a partir do mesmo processo do livro: de forma esparsa e lenta, quase oracular, tendo como pano de fundo a rotina de Bernardo Soares (Bravo). Paisagens da cidade trazidas para dentro de casa ou o coração à flor da pele no meio da rua.

- 19 de dezembro: Anelis Assumpção (SP)

Anelis Assumpção vem a Curitiba para o show de lançamento do seu terceiro álbum, “Taurina”, eleito pelo Prêmio Multishow como o melhor disco de 2018. A cantora e compositora mistura em seu trabalho vocais sensuais a arranjos irreverentes, pitadas de dub, afrobeat e grooves brasileiros. Seu disco anterior, “Amigos Imaginários” (2014), lhe rendeu o Prêmio Deezer de Artista do Ano, em 2014 e o prestigiado Prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) como Melhor Artista Revelação, no ano de 2015.

#LuedjiLuna #ProjetoBrasisPaiol #BrasisPaiol #BernardoBravo #TulipaRuiz #AnelisAssumpção #TeatroPaiol #BinaZanette #HeitorHumberto #Aláfia #Siba #DowRaiz #PlutãojáfoiPlaneta #Edgar

12 visualizações