Buscar

Escritora alemã Uljana Wolf lança livro de poemas em Curitiba, nesta terça (13)


O livro “Nosso amor de trincheira, nosso trânsito de fronteira” é uma seleção de poemas da escritora alemã Uljana Wolf. Os textos foram traduzidos e organizados pelo professor da Universidade Federal do Paraná, Guilherme Gontijo Flores, e pelo músico e fotógrafo argentino radicado em Curitiba, Ricardo Pozzo. A obra será lançada em Curitiba nesta terça-feira, 13 de agosto, na sede do Goethe-Institut (Rua Reinaldino S. de Quadros, 33), às 19h.

“Em primeiro lugar, toda a obra de Uljana Wolf está na tensão entre línguas. Seu primeiro livro, kochanie ich habe brot gekauft (kochanie eu comprei pão, de 2005), é um movimento pelas fronteiras físicas e linguísticas entre Alemanha e Polônia que já está no título do livro, e ainda mais explícito em poemas como “übersetzen” (“traduzir”) e na série de poemas ligados a Kreisau (ou Krzyzowa, na Polônia), que remete ao importante grupo de opositores do nazismo”, diz, no prefácio, o tradutor Guilherme Gontijo Flores.

“Traduzir estes poemas é, em parte, deslocar suas relações linguísticas e políticas, mas assim é que se traduz: deslocando relações, e não propriamente frases. Portanto, mantivemos os vínculos com a Polônia e abrasileiramos o alemão, fazendo assim uma espécie de vínculo curioso que pode se abrir nesta Curitiba polaca em que vivemos”, define.

A autora usa jogos de palavras criando uma série de ecos e melodias em seus poemas. Trazem acidez e amargor, como nos poemas com alusão ao nazismo - Aos cães de Kreisau, ou em Traduzir, uma espécie de alusão às fronteiras do mundo.

O livro tem 122 páginas e foi editado pela Editora Moinho. “Essa editora tem edições lindíssimas, que mostram o carinho que tem com o livro”, lembra a diretora do Goethe-Institut Curitiba, Claudia Römmelt, convidando a todos para o evento. Durante o lançamento haverá leitura de poemas em português e em alemão e na sequência será oferecido um coquetel.

#ClaudiaRömmelt #EditoraMoinho #UljanaWolf #GuilhermeGontijoFlores #RicardoPozzo #GoetheInstitut #kochanieichhabebrotgekauft #Kreisau #Nossoamordetrincheiranossotrânsitodefronte

16 visualizações