Buscar

Espetáculo musical chega a Curitiba para resgatar a criança interior


Lembra quando o céu era coberto por nuvens feitas de algodão? Quando uma pilha de caixas e almofadas eram um castelo? E na corda, qual o seu recorde? Se você não entendeu ou não conseguiu responder a essas perguntas, precisa assistir ao espetáculo "HiLíRicO - uma dramédia musicalidada". Com apresentações a R$10/R$20 agendadas para o dia 13 de setembro no Teatro Universitário de Curitiba - TUC e dia 15 de setembro no Teatro Cleon Jacques, a peça reúne comédia e performances musicais ao vivo, com um toque de caos do Rock ‘n’ Roll.

Com diálogos sobre a dificuldade de rir e de levar a vida de forma mais leve, e músicas que abordam o processo de amadurecimento, a simplicidade e inocência infantis, HiLíRicO convida a todos para esse resgate da infância.

Hiliricando

HiLíRicO começou como uma releitura do texto elaborado pelo ator e dramaturgo Daniel de Mattos Keller. O autor explica que a peça foi originalmente criada para uma turma de adultos em um grupo de teatro terapêutico que não sabia brincar. “A gente se esquece de como é. De repente você precisa brincar com um sobrinho ou filho de um amigo e não tem a menor ideia de como fazer isso”, explica.

Com esse tema em pauta, Daniel apresentou a ideia ao Multipersonas Coletivo Teatral para que pudessem reinterpretá-lo e levá-lo a mais pessoas. O ator Jorge Augusto Costenário, que vive o protagonista da peça, comenta que o processo começou mais introspectivo, mas acabou se transformando em algo maior.

“As músicas criadas reforçam esses sentimentos contraditórios relacionados à necessidade de crescer e amadurecer, mas sem perder a ternura e a alegria. O resultado ficou muito bonito e tenho certeza que o público irá se surpreender. Nem vão perceber e já estarão cantando com a gente”, comenta o artista.

Com a direção e a composição musical de João Mauro Cruz e a participação dos músicos Laura Fontes e Lucas Scremin, HiLíRicO cria uma atmosfera híbrida entre o surrealismo e o realismo. As músicas criadas para a peça misturam o carinho das cantigas infantis com a força e a intensidade do Rock N’ Roll.

“Foi um trabalho bastante interessante. Para criar esses personagens, supostamente imaginados por esse colunista frustrado, buscamos referências em totens animais e estudamos diversos estilos e personalidades do Hard Rock, Glam Rock, Gotic Rock e até o Funk Rock. Uma hora, me perguntei: ‘Como um tigre do Hard Rock anda de forma sensual?!’”, brinca a atriz Mariane Rocha, intérprete da Musa.

João Mauro Cruz, explica que o espetáculo utiliza de um hibridismo de estéticas para trazer a tona o questionamento do existencialismo a partir de um roteiro pós dramático e de uma encenação que permeia entre o naturalismo e o caricato: “Essa fusão entre uma linguagem realista e cotidiana – palpável da vida adulta – e a emersão do simbolismo infantil, inato à existência de todo ser humano (aquilo que está perdido no mundo das ideias), questiona e incentiva o potencial imaginativo do espectador”, conclui o diretor.

Os ingressos podem ser adquiridos pela internet, no site Eventbrite ou no dia das apresentações, nas bilheterias dos teatros. Os valores são R$10/R$20 e as apresentações acontecem no Teatro Universitário de Curitiba - TUC, dia 13 de setembro, às 20h30; e no Teatro Cleon Jacques, dia 15 de setembro, às 17h30.

FOTOS: IGOR TAKASHINA

#HiLíRicO #TeatroCleonJacques #TeatroUniversitáriodeCuritiba #MultipersonasColetivoTeatral #DanieldeMattosKeller #JorgeAugustoCostenário #JoãoMauroCruz #LauraFontes #LucasScremin #Eventbrite

15 visualizações