top of page
Buscar

A história de Sidney Magal vai virar musical

Espetáculo “Sidney Magal: muito mais que um Amante Latino” é baseado na biografia oficial do cantor, escrita por Bruna Ramos da Fonte.

Sidney Magal e a biógrafa e dramaturga Bruna Ramos da Fonte. Foto: Andreia Tarelow/Divulgação

Até o dia 25 de maio, atores de todo o País podem se inscrever no processo de seleção que irá escolher o ator que interpretará o cantor Sidney Magal no musical “Sidney Magal: muito mais que um Amante Latino”. Previsto para estrear no último trimestre de 2022, o musical é uma adaptação da biografia oficial do cantor, de mesmo nome, escrita pela biógrafa e dramaturga Bruna Ramos da Fonte.


Entre os requisitos, o candidato que pretende interpretar Magal no musical precisa ser ator profissional com idade entre 25 e 55 anos, e ter características semelhantes ao cantor: saber cantar, ter extensão vocal e um timbre de voz similar ao do cantor, um excelente domínio corporal e saber dançar.


Para participar do processo de seleção, o candidato deverá enviar: dois vídeos interpretando duas músicas do repertório do Magal (“Me chama que eu vou” e “Nada além”); fotografias e currículo. Poderão ser enviados outros materiais que o candidato julgar necessários para que a produção possa conhecer o seu trabalho. Para acompanhar o processo de seleção e a publicação das instruções para envio do material, o ator deve curtir a página oficial do musical no Instagram, onde está divulgado o formulário para envio dos arquivos.


A audição presencial com os finalistas tem previsão para ser realizada no mês de julho de 2022 no Teatro Porto Seguro, em São Paulo.


Idealizado pelo Produtor Paulo Del Castro (Tiarajú Produções Artísticas e Culturais), o musical é uma adaptação do livro “Sidney Magal: muito mais que um Amante Latino”, a biografia oficial do cantor, escrita pela biógrafa e dramaturga Bruna Ramos da Fonte (autora de biografias musicais, incluindo “O barquinho vai... Roberto Menescal e suas histórias” e “Essa tal de Bossa Nova”, ambos prefaciados pelo escritor Paulo Coelho). A autora é responsável pela adaptação dramatúrgica e assina o roteiro do musical. A direção artística do musical é de Débora Dubois (diretora artística de “Rita Lee mora ao lado” com Mel Lisboa, “A paixão segundo Nelson” com adaptações e músicas de Zeca Baleiro, “Roque Santeiro” de Dias Gomes, “Lampião e Lancelote” um espetáculo ganhador de onze prêmios, “O retrato e Dorian Gray” de Oscar Wilde, “Othelo”, “A valsa de Lili” com Debora Duboc). A direção de Produção é de Edinho Rodrigues (Brancalyone Produções) e Coordenação de Projeto de Paulo Del Castro (Tiarajú Produções Artísticas e Culturais). A realização do projeto é uma co-produção entre Brancalyone Produções que traz no currículo: “Rita Lee mora ao lado” com Mel Lisboa, “Hell” com Bárbara Paz e direção de Hector Babenco, “Dias de vinho e rosas” com direção de Fabio Assunção”, “A loba de Ray-Ban com Christiane Torloni”, “O avarento” com Paulo Autran) e Tiarajú Produções Artísticas e Culturais, responsável por espetáculos como: “A lenda do vale da lua” musical com composições originais de Chico César, “O Martelo” com Edwin Luisi e Anderson Müller, “Turnê indomável” com o compositor e violonista Gabriel Sater, “Salve lua – Tributo a Luiz Gonzaga” com a compositora e Sanfoneira Adriana Sanchez/Banda Barra da Saia.

Serviço:

Musical “Sidney Magal: muito mais que um Amante Latino”

Processo de seleção para o papel de Sidney Magal: Até 25 de maio de 2022 Informações: https://www.instagram.com/sidneymagalomusical/



Informações: Cristina Aguilera / Mídia Brazil Comunicação Integrada

29 visualizações

Comments


bottom of page