top of page
Buscar

A peça "Mestiço" promove a reflexão sobre o racismo estrutural

O espetáculo teatral retorna aos palcos em curtíssima temporada como parte da Mostra Caixa Preta, durante o FRINGE!, no Festival de Curitiba.

O ator Elisan Correia em "Mestiço" | Foto: Liris Fotografia

Criada a partir de exercícios de codireção, o Grupo de Teatro Espetáculo, a peça "Mestiço - Traços da Resistência" busca refletir e emocionar o público durante o Festival de Teatro de Curitiba. O espetáculo é estrelado pelo ator e diretor Elisan Correia e conta o olhar do homem negro sobre o racismo estrutural e também como isso afeta a sua vida atualmente.


A peça faz parte da Mostra Caixa Preta e terá três sessões no Espaço Cultural Espetáculo. Com isso, Mestiço - Traços da Resistência fica em cartaz nos dias 7, 8 e 9 de abril, às 20h.

De acordo com Elisan, a peça nasceu durante o 1º Festival de Teatro Espetáculo, em uma conexão com o Coletivo Átila, durante um exercício em que cada integrante dirigiu o outro.

"A peça começou com um intuito de mostrar um pouco da minha vivência. Tem muito dos meus traços, da minha infância, da minha adolescência", destaca.

Segundo o ator e diretor, a ideia para desenvolver a peça exigiu uma pesquisa ampla sobre racismo estrutural no país. O objetivo foi tentar entender como o negro foi criminalizado. Como resultado, várias pessoas se identificaram durante a estreia, em 2022.


Sucesso de público, com lotação em todas as apresentações, o espetáculo ganhou novos horizontes, chegando aos palcos São Paulo e no Rio de Janeiro no final do ano passado.

“Quando coloquei a peça em pauta e apresentei na primeira vez, muitas pessoas se identificaram. Muitas delas olharam e falavam: 'Eu não pensava dessa forma!’ ‘Eu não via desse jeito’”, recorda o diretor.


Com isso em mente, Elisan decidiu trazer Mestiço - Traços da Resistência de volta aos palcos para continuar promovendo a reflexão sobre o racismo e suas consequências. "Cada local teve uma recepção diferente e eu tô retornando com o espetáculo aqui em Curitiba. Aqui foi o único lugar em que a maioria do meu público foi branco e eu quero atingir o público negro também. Não tem um momento de alívio, é uma 'porrada' atrás da outra. A pessoa tem que estar preparada para assistir um espetáculo de drama", finaliza Elisan Correia.


Vale ressaltar que a Mostra Caixa Preta faz parte da programação do FRINGE!, no 31º Festival de Curitiba. Os ingressos para a peça Mestiço - Traços da Resistência podem ser adquiridos na bilheteria oficial, no Shopping Mueller (Av. Candido de Abreu, 127, Centro Cívico, Piso L3), de segunda a sábado, das 10h às 22h e também aos domingos e feriados, das 14h às 20h. O público também pode adquirir ingressos pelo site: festivaldecuritiba.com.br.


SERVIÇO

Mestiço - Traços da Resistência

Drama – classificação indicativa: 10 anos – Grupo de Teatro Espetáculo

Quando: dias 7, 8 e 9 de abril, às 20h

Duração: 50 min.

Onde: Espaço Cultural Espetáculo (Av. Sete de Setembro, 2620, Sala 1, Cristo Rei, Curitiba/PR)

Ingressos: Inteira : R$50 / Meia-entrada: R$25 (apenas 20 lugares por sessão - sujeito a lotação)

Mais informações: (41) 99615-1887 (Espaço Cultural Espetáculo)


Sinopse

Mestiço traz olhares de um homem negro sobre o racismo estrutural desde seu início e, como isso afeta sua vida até hoje. Ele conta histórias de resistência e liberdade de seu povo, fala de suas tradições e expõe a realidade que está escondida por trás dos panos.


Ficha Técnica

Companhia Grupo de Teatro Espetáculo

Direção e elenco: Elisan Correia;

Operação de som: Juan Miguel Bandeira;

Operação de luz: Maicon José Gonçalves de Morais;

Produção: Guilherme Vinicius Machado da Silva.


Informações: Larissa Moutinho e Daniel Keller

16 visualizações

Comentários


bottom of page