Buscar

As histórias do folclore italiano contadas pelo Anima Dantis

Projeto "O que nos Une", da Aintepar, apresenta até o dia 30 de agosto vídeos produzidos pelos grupos filiados, numa homenagem ao mês do folclore.

Alegria das danças italianas no palco do Guairão, antes da pandemia | Foto: Toca Cultural

Na noite desta quarta-feira, 25 de agosto, é a vez do Grupo Folclórico Italiano Anima Dantis apresentar o vídeo produzido para o projeto da Associação Interétnica do Paraná - Aintepar, "O Que nos Une", a partir das 21h. O videoclipe, produzido de maneira bem simples, é uma homenagem ao mês do folclore e conta como são preservadas as tradições italianas pelo grupo paranaense.


A presidente Lícia Jany Fritoli afirma que ninguém imaginou ficar tanto tempo longe dos palcos, dos eventos, das apresentações presenciais. E que essas impressões sobre a pandemia também estão presentes no vídeo, a partir de depoimentos caseiros de seus integrantes. O grupo ainda aguarda ter mais segurança e mais integrantes vacinados para retomar os encontros e ensaios.


“Nossas danças têm muito contato, dançamos quase sempre em pares, então manter distanciamento para as danças italianas é impensável”, justifica. Ela explica que desde março de 2020, o grupo continua em contato via redes sociais, aguardando uma liberação, um momento seguro para que todos possam se reencontrar presencialmente.


Anima Dantis resgata folclore italiano | Foto: Toca Cultural

O Festival Folclórico de Etnias de 2020, em modo virtual, foi o único evento que o grupo italiano participou nesse período. Portanto, o adiamento necessário para as comemorações dos 60 anos do Festival também é algo que, de certa forma, deve ser respeitado, e fará parte da história do evento inevitavelmente.

“No futuro, lembraremos desse período triste, mas entenderemos que fez parte da nossa história. Vamos comemorar os 60 anos com uma grande festa, pelo momento do reencontro e pelas seis décadas de um evento que, os próprios grupos que começaram tudo, jamais imaginariam que chegariam tão longe. É uma trajetória marcada por incontáveis lágrimas de alegria, de dificuldades, de emoção, de saudades…”
"De memória e coração, de história e de arte faz-se o folclore." | Foto: Toca Cultural

Para o Anima Dantis, essa comemoração será feita na hora certa, e o grupo está otimista.

“Temos certeza de que tudo vai passar, isso nos mantém fortes e unidos, pois estas seis décadas de existência e de resistência significam uma vitória da tradição e da memória sobre o esquecimento, da paixão e da harmonia sobre a indiferença, uma vitória da cultura e da arte sobre a insensibilidade. O Festival Folclórico de Etnias do Paraná é a grande prova não somente de que a paz é possível entre os povos, mas que o prazer da convivência é infinitamente superior à tristeza do isolamento. De memória e coração, de história e de arte faz-se o folclore. E muito em breve estaremos todos mais uma vez no palco para continuar nossa história, nossa arte, nosso folclore”, concluiu.

O vídeo será exibido às 21h desta quarta-feira, 25 de agosto, no Canal do Youtube da Aintepar. Clique aqui para definir o lembrete!


Confira os próximos vídeos:


26 DE AGOSTO (QUINTA-FEIRA) - 21H

GRUPO FOLCLÓRICO DA ASSOCIAÇÃO NIPO-BRASILEIRA - NIKKEI CURITIBA


27 DE AGOSTO (SEXTA-FEIRA) - 21H

GRUPO FOLCLÓRICO HOLANDÊS DA CASTROLANDA


28 DE AGOSTO (SÁBADO) - 21H

GRUPO FOLCLÓRICO POLONÊS JUNAK DA SOC. UNIÃO JUVENTUS


29 DE AGOSTO (DOMINGO) - 21H

GRUPO FOLCLÓRICO ITALIANO PICCOLA ITÁLIA


30 DE AGOSTO (SEGUNDA-FEIRA) - 21H

GRUPO FOLCLÓRICO DO CENTRO ESPANHOL DO PARANÁ



120 visualizações