Buscar

Bel_Medula lança músicas de #30dias30beats produzidas na quarentena

Dirigido pelo DJ Daniel Jesi, projeto propõe produção diária de músicas durante um mês. |

Durante todo o mês de abril, mais de 100 artistas, de Norte a Sul do Brasil, participaram da iniciativa criada pelo DJ paraibano Daniel Jesi. Em #30dias30beats, cada um teve a oportunidade de criar músicas associadas a imagens e postar no Instagram diariamente. 


Bel_Medula, projeto da artista e pesquisadora Isabel Nogueira, também foi uma das participantes e se destacou com uma produção experimental, coesa com o tempo que se estendia e com sua narrativa pessoal.


Ela conta que esta é a segunda vez que participa da iniciativa e relata como o projeto, que foi criado em 2019, cresceu e se tornou mais fluido nessa segunda edição.


Desta vez, a oportunidade de troca com todos os outros produtores e produtoras foi incrível e cheia de energia. Isto me motivou para criar, para buscar soluções que me ajudassem a produzir música e vídeo em um mesmo dia - e eu não tinha nenhuma experiência com fazer vídeos, produzi tudo com aplicativos. Ao mesmo tempo, a troca com as outras pessoas, através dos grupos de whatsapp foram muito estimulantes, criou-se uma verdadeira comunidade de escuta e interesse nos trabalhos uns dos outros, e isto foi muito potente”. 

O #30dias30beats já foi indicado ao prêmio de “Projeto do Ano”, na SIM SP do ano passado, e agora, quando se instalou a pandemia no Brasil, Daniel criou a segunda temporada em clima de distanciamento social.


Assista:



"A pandemia transformou nossas casas em nossos locais de trabalho, mas isto não aconteceu de forma tranquila ou como uma opção, mas como uma necessidade para as pessoas  que  assim pudessem proceder. Nestes dias, as emoções acontecem como um carrossel: uns dias animada, outros temerosa, procurando de alguma forma reestabelecer rotinas, dar conta dos trabalhos intensificados, manter a tranquilidade de alguma forma”, descreve Isabel.

A artista conta que mergulhou em diversas referências, que vão de Kraftwerk a música folclórica brasileira, como se acontecesse uma imaginária e inusitada conversa entre Liana Padilha (No Porn), Edgar, Maria Beraldo, John Cage e Laurie Anderson.


Neste projeto, aconteceu uma espécie de diário sonoro, onde as impressões do dia iam sendo transformadas em músicas e vídeos. não usei materiais previamente prontos, e todo o desafio foi dar uma cara sonora para o dia a dia da quarentena. Neste processo, audios de whatsapp viraram samples, sentimentos como melancolia, saudade, dor, esperança, sons da casa foram sendo assimiladas e transformados em música. Os equipamentos utilizados também foram diferentes, teve músicas produzidas em hardware (no sampler SP 404, bateria eletrônica, sintetizadores, piano), outras no Ableton Live, outras em aplicativos do celular. As referências sonoras foram muitas, algumas músicas ficaram com um caráter de festa mesmo, outras ficaram em uma vibe mais mântrica, outras delas viraram canção, o mosaico sonoro que aparece aqui e amplo e complexo”.

Clique AQUI para conferir toda a playlist!

16 visualizações