Buscar

"Casamento Aberto" vence prêmio Júri Popular, em Festival Curta8


O nome provisório era "A Noiva", mas acabou recebendo o nome original da peça de teatro "Casamento Aberto", que inspirou o filme estrelado pela atriz Camila Jorge, em Curitiba. No meio de uma semana atribulada, a personagem correu por diferentes pontos icônicos da capital paranaense e foi filmada em tomada única, em preto e branco, para um projeto que integra a programação do Festival Internacional Curta 8.


O filme dirigido por Júlia Vidal, mistura a estética da película super 8 com cenários conhecidos da cidade para convidar o público a pensar outras maneiras de se relacionar com a liberdade, as instituições, o próprio corpo, as pessoas etc. Gravado no início de setembro, por onde a "noiva" passou, chamou atenção e foi parar até nas manchetes de um programa de TV que questionava: "quem será a noiva que fugiu do casamento e correu pelas ruas da cidade desesperada"?

A cena gravada em celular por pessoas que passavam pela rua foram parar na televisão e, até que revelassem tratar-se de um filme, deixou o público vidrado na história e com a curiosidade ainda mais aguçada.


"Uma noiva correndo à toda velocidade no centro de Curitiba. Essa é uma das diversas cenas inusitadas que gravamos durante as filmagens, e que inclusive acabou virando notícia", conta a diretora Júlia Vidal.


"Foi um processo muito divertido colocar a figura dessa noiva, desconstruída, representada pela Camila Jorge, em contato com a cidade e com as pessoas que aceitaram participar do nosso curta-metragem em super 8. Tivemos buquê sendo jogado na rua XV (que foi levado pela Sandra), momentos da noiva andando de skate (com a ajuda do Bhrendo, Renato e Otto), dançando descalça no centro histórico (ao som da música do violão do Magoozaia Simiano) e dividindo o bolo do casamento em plena praça (com a dona Eliane, sua neta Anna e a amiga Milena). Foi um filme feito na rua com a presença das pessoas que estavam transitando por esse espaço e aceitaram nosso convite", revela.


"Agradecemos a todas as pessoas e lugares que participaram dessa festa. Aliás, é a frase que está escrita na última cartela do curta-metragem e é também o que sentimos".

Júlia conta que o projeto está ligado com a performance “Casamento Aberto”, criada por Camila Jorge durante seu período de pesquisa no IMP (Investigação do Movimento Particular) em 2017.

Assista:

(versão apresentada em 2017)

Premiação


A 15ª edição do CURTA 8 encerrou no dia 11 de novembro, no Cine Passeio de Curitiba, com júri composto pelos cineastas Ivan Cordeiro, Lígia Teixeira e Rafael Schlichting, que concedeu os seguintes prêmios:


- Menção Honrosa para GUARDIÃO DOS CAMINHOS, de Bruna Toscano, Ismael de Queiroz Dias e Milena Manfredini;

- Troféu Super Filme Tomada Única para BETHANY, de Lucas Baldasso, Isabela Magalhães, Michel Rautmann e Maria Clara Bressane;

- Troféu Super Filme do Festival para OBATALA FILM, de Sebastian Wiedermann.

- O Troféu Super Filme Júri Popular ficou com CASAMENTO ABERTO, de Julia Vidal, Camila Jorge, Lucas Kosinski, Eduardo Oliveira e Lana Seganfredo.

- Além desses prêmios o DUO STRANGLOSCOPE (Cláudia Cardenas e Rafael Schlichting) foi homenageado com o Troféu Super Schip.


Galeria

MakingOf no Centro Cívico - Imagens / colaboração: Tikinho


32 visualizações