top of page
Buscar

Clássico sertanejo “Boate Azul” ganhará adaptação para os cinemas

O filme será dirigido por João Gabriel Kowalski e contará a história da boate que realmente existiu e ficava no norte do Paraná.

Boate Azul vai virar filme, mas ainda sem data para estreia | (Divulgação)

“Doente de amor, procurei remédio na vida noturna” – O início do clássico sertanejo composto por Benedito Seviero e imortalizado pela dupla Bruno e Marrone, “Boate Azul”, é figurinha carimbada no repertório brasileiro. Agora, a música terá uma adaptação para os cinemas dirigida por João Gabriel Kowalski, que assina o roteiro com Gustavo Gerard e Luísa Guanabara. No estilo tragicomédia, o projeto foi selecionado para o Laboratório de Roteiros Franco Brasileiro do Festival Varilux.

O enredo traz três personagens cujas vidas são transformadas em uma despedida de solteiro, dentro da própria boate; o dono do estabelecimento, um religioso fiel, uma linda garota que se torna dançarina contra a vontade de seu marido, e um homem que descobre estar sendo traído as vésperas do seu casamento. Entretanto, um acontecimento surpreendente no dia do evento coloca tudo em risco: a morte do papa.

“O filme fala sobre as duas vidas que cada ser humano possuí: aquela que temos e aquela que fingimos ter”, diz o diretor João Gabriel Kowalski, que revela ter chamado músicos para participar do projeto,

“A boate realmente existiu e ficava no norte do Paraná, então convidamos o César Menotti e Fabiano, que possuem uma história na região. Eles toparam na hora, e vai ser muito legal tê-los a bordo desse projeto”, finaliza.

Mais informações sobre o filme “Boate azul” em https://www.instagram.com/boateazul_ofilme/

Informações: Leonardo Minardi

5 visualizações

Comments


bottom of page