top of page
Buscar

Com estreia no Festival de Curitiba, Adoráveis Transgressões expõe relações familiares

Selvática companhia estreia espetáculo que mistura drama russo às artes da noite.

Adoráveis Transgressões - Foto Cibelle Gaidus

Em "Adoráveis Transgressões", que estreia na mostra Lúcia Camargo do Festival de Curitiba, o drama russo clássico ganha contornos de cabaré – estilo que se tornou a especialidade da Selvática Ações Artísticas, companhia sediada na capital paranaense. A peça terá duas sessões, nos dias 31 de março e 1° de abril, às 20h30, no Teatro Zé Maria.

A montagem tem como pano de fundo a obra do dramaturgo russo Anton Tchekhov. O autor, assim como todo o realismo e drama russos da virada do século passado, constituiu um dos imaginários mais fortes no teatro até hoje.


Agora, a obra de Tchekhov ganha os olhares ácidos lançados pelas dramaturgias da curitibana Leonarda Glück e do franco-argentino Copi. O encontro dá origem a um cabaré que contrapõem o drama russo à tradição brasileira melodramática presente no circo-teatro e na teledramaturgia.

"A irreverência e iconoclastia das textualidades de Leonarda e Copi, adaptadas pela escritora, dramaturga e pesquisadora pernambucana Renata Pimentel, ressoam no espetáculo como forma de questionar as estruturas familiares e reinventá-las de forma debochada e aterrorizadora", comenta Gabriel Machado, um dos diretores do espetáculo.

Com “Adoráveis Transgressões”, o grupo apresenta ao público um espetáculo divertido e irreverente com números de cabaré, dublagens, shows musicais e crítica política. "Uma resposta ao mundo feita com cabaré, humor e corpos em festa”, afirma Gabriel.

No enredo, "Adoráveis Transgressões" é um canal latino-americano de televisão que exibe a novela "O Coquetel das Loucas ou Irina, quem diria, acabou em Rabat". Ambientada em uma Rússia imaginária, a trama se funde com o backstage do set de filmagem, em que relações familiares, sociais e políticas atravessam a ficção. O espetáculo apresenta as histórias controversas de famílias nada tradicionais que ocupam um mesmo palco.

Adoráveis Transgressões - Foto Cibelle Gaidus

Enquanto o drama russo escancara o tédio através de solilóquios e pouca ação, em Adoráveis Transgressões a trama tem ação, reviravoltas e diálogos rápidos típicos do melodrama e da teledramaturgia. "Concede-se às personagens uma voz sarcástica e nada acomodada”, revela Ricardo Nolasco, que também dirige espetáculo.

Serviços

Espetáculo Adoráveis Transgressões Dias: 31 de março e 1º de abril, às 20h30 Onde: Teatro José Maria Santos (Rua treze de maio, 655) - Curitiba, PR. Quanto: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia) Link: https://festivaldecuritiba.com.br/atracao/buscar/adoraveis-transgressoes

Informações: Lívia Zeferino



11 visualizações

Comments


bottom of page