top of page
Buscar

Escritora pernambucana Renata Santana lança seu segundo livro

"O amor na 5ª série aos 30" abre caminho para novo trabalho da escritora, premiado no 7º Prêmio Hermilo Borba Filho de Literatura.

Escritora Renata Santana lança novo livro | Foto: Mari Souto

A pernambucana Renata Santana está de volta com novo trabalho literário. “O amor na 5ª série aos 30”, seu segundo livro, chegou ao público neste fevereiro de 2022, pelas Edições Macondo. A obra compila poemas que narram experiências da vida adulta amplificadas pelo frisson emocional da adolescência, fazendo refletir sobre a jovialidade que mobiliza afetos e paixões mesmo noutras idades. O livro pode ser adquirido online, no site da editora. Em versos curtos e poéticos, a obra apresenta pequenas histórias amorosas na vida adulta, mas com o olhar da novidade próprio da juventude. Paixões, vida urbana, tecnologia, solidão, álcool, sexo e outras vivências no contexto da adultidade - especificamente na fase dos 30 anos - se apresentam deslocadas do local de maturidade e embebidas no pensar e no sentir efusivo da adolescência - a “quinta série das coisas”, como define a autora.

"São poemas que falam sobre como a gente também tem 18 anos aos 40, ou mesmo 12 aos 30. Somos adultos, mas quando somos atravessados por fortes emoções, entramos distraídos no parquinho de Eros, que não à toa é uma criança de asas", conceitua Renata, que tem 35 anos.

Em 35 poemas, a obra traz um eu-lírico que vive situações e relações com intensidade, como se fosse a primeira vez, ora com uma visão ácida, debochada e pessimista sobre a vida; ora com bom-humor, aventurança e leveza.

Escritora Renata Santana | Foto: Mari Souto

Com poucas palavras e forte subjetividade, a escrita de Renata Santana conduz o leitor por narrativas que fazem repensar a consciência adulta e o status de certeza e solidez que a maturidade impõe.


“O amor na 5ª série aos 30” traz poemas necessários para se reconhecer a atemporalidade dos sentimentos e perceber como afetos transpassam vivências de maneira intempestiva e visceral em todas as idades.


“Os poemas nos lembram que podemos ser nós mesmas em todas as fases da vida. A gente se apaixona, e isso não tem idade”, endossa a escritora.



A AUTORA - Mulher, negra, nascida no Recife-PE e de origem periférica, Renata Santana é escritora, jornalista, bibliotecária, pesquisadora e mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Escreve e recita desde criança - aos 12, ganhou a medalha de ouro no Concurso de Poesia Infantil Orlando Parahym, em 2000. Aos 13, estreou no teatro recitando Luís Camões, Carlos Drummond e Fernando Pessoa. Depois de uma década entrevistando e recitando em eventos literários no Estado, publicou seu primeiro livro em 2019, o elogiado livro de contos “Na terceira margem do agora” (Ed. Castanha Mecânica). Publicou textos em antologias como “O poema se chama política” (2021), “Abrigo” (2020) e “Quem dera o sangue fosse só o da menstruação” (2019). Ainda em 2021, se tornou a primeira mulher negra recifense a ganhar o 7º Prêmio Hermilo Borba Filho de Literatura (antigo Prêmio Pernambuco de Literatura), na categoria poesia. A obra premiada, “A Mulher do Tempo”, será publicada pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) ainda neste primeiro semestre de 2022.

SERVIÇO:

Livro “O amor na 5ª série aos 30”, de Renata Santana Edições Macondo - Selo Cachalote 64 Páginas R$ 36


Informações: Milton Raulino

34 visualizações

Comments


bottom of page