Buscar

Espetáculo João e o Pé de Feijão será atração em Festival de Teatro Infantil neste fim de semana

A nova adaptação do clássico da literatura infantil marca o retorno das apresentações ao vivo e com plateia reduzida, em cartaz no Teatro Bom Jesus, neste sábado e domingo, dias 23 e 24 de outubro.


João e o Pé de Feijão encerra a terceira edição do Festival de teatro infantil “Era uma vez...Eram duas, eram três”, com plateia aberta ao público. Realizado pela Montenegro, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e apoio da Associação dos Amigos do HC, a última temporada de apresentações de 2021 será neste sábado, 23 de outubro, e no domingo, dia 24. O local é o Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135), às 16 horas.


Com direção da Cia do Abração, a peça aborda temas como a preservação do meio ambiente e a valorização das virtudes humanas. As apresentações vão seguir todas as diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) - medição de temperatura, distanciamento nas filas/poltronas, uso do álcool em gel, uso obrigatório de máscaras, entre outros. Para garantir mais segurança, os lugares serão marcados e o público será acomodado a cada duas pessoas com intervalo de uma poltrona.

Além do espetáculo, o público poderá apreciar o figurino do Pé de Feijão, criado pelo figurinista e artista visual Gustavo Krelling para a exposição “Caminhos do Encantamento”, que ficará disponível para visitação gratuita no foyer do teatro.


A Cia do Abração traz a releitura do clássico João e o Pé de Feijão, inspirada no original inglês de Joseph Jacobs, contextualizando-o na cultura brasileira das festas populares de São João, para ressaltar temas como a preservação do meio ambiente e a valorização de virtudes humanas, das produções artísticas e culturais, como caminho expressivo de possibilitar a renovação e recriação de nossas histórias, em busca de sempre novas “estórias”.


A montagem que o público terá oportunidade de assistir, o protagonista João do Fubá, jovem menino, da zona rural brasileira, em meio à fome e à seca que assolam seu povo e sua vila, vai ao mercado, à mando de sua mãe, vender a vaca da família. No caminho, encontra Ararin, um velho pássaro, que lhe propõe trocar a vaca por três feijões mágicos. Ao aceitar, João do Fubá embarca em uma aventura pelos céus, em busca de escapar da realidade em que vive: da seca e da fome. Nas alturas, conhece uma nova amiga, uma galinha, que o presenteia com um ovo de ouro, mas que nada serve, pois nem nas vendas estão tendo alimentos para oferecer. Em nova tentativa de trazer comida para casa, João sobe mais uma vez ao pé de feijão e lá descobre a beleza da arte da Viola Mágica. O encantamento foi tanto, que o protagonista decide trocar a viola, para que sua vila toda possa sentir na alma o que acabara de presenciar.


A arte traz de volta a esperança por dias melhores, e a natureza, de emocionada, enche as nuvens que transbordam em uma linda chuva de recomeço. A cidade por fim pode comemorar a festa de São João, e o João do Fubá passa a se chamar João do Pé de Feijão.


A contrapartida social desse projeto é realizada em parceria com a Associação dos Amigos do HC, que ficará com a renda integral da bilheteria, além de apresentações exclusivas aos pacientes do DEDICA – Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, programa de enfretamento à violência infantil mantido pela associação, oficinas criativas e de contação de histórias. Ainda como parte do projeto, a construção de um novo espaço de leitura nas instalações do DEDICA está prevista para ser entregue no segundo semestre. Escolas públicas vão receber também apresentações dos espetáculos, que devem atingir um público total de 5.000 mil pessoas, entre alunos e professores.

Os ingressos para o espetáculo João e o Pé de Feijão estão à venda e custam R$30,00 (inteira)/ R$15,00 (meia-entrada) / R$10,00 (promocional antecipado). A meia-entrada é para estudantes, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes, idosos acima de 60 anos, doadores de sangue, professores e portadores de câncer.


Pontos de Venda: Disk Ingressos (Ventura Shopping - de segunda a sexta, das 11hs às 22hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs). É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do teatro.


Para quem não pôde assistir as montagens da temporada 2021 do “Era uma vez...Eram duas, eram três, a partir de 30 de outubro, os espetáculos Cinderela, João e Maria, Chapeuzinho Vermelho e João e o Pé de Feijão estarão disponíveis gratuitamente no canal youtube da Montenegro.


A edição 2021 do “Era uma vez...Eram duas, eram três conta com os patrocínios da Credipar, Fertipar Fertilizantes, Cattalini, Jaguáfrangos, Tecnolimp, RDP Petróleo, Servopa, Engepeças, Trützschler, Elejor, Sanepar, Banco Digimais, PASA (Paraná Operações Portuárias), Ravato, Greca Asfaltos, Impress The Decor Company, Nórdica, Quasar, Ítalo Supermercados, Magnetron Componentes Elétricos. Apoio: Teatro Bom Jesus, Teatro Guaíra, Tutu Ateliê de Sapatilhas, Kromossomos Estranhos, Espaço Fantástico das Artes, Padaria América, Atelie Miniart. Instituição Beneficiada: Associação dos Amigos do HC

O ERA UMA VEZ...ERAM DUAS, ERAM TRÊS conta com o apoio financeiro de mais de 70 empresas patrocinadoras, sendo que 70% dessas mantém seus investimentos em todas as edições do projeto. As notícias do festival computam mais de 1 bilhão de reais em mídia espontânea, somados ao plano de mídia com inserções em rádio, mobiliário urbano, impressos e internet.

FICHA TÉCNICA Direção: Cia do Abração - Letícia Guimarães Assistência de Direção: Juliana Cordeiro Elenco: Heloisa Giovenardi, Ana Sercunvius, Dylan Willms Direção Musical e sonoplastia: Alysson Siqueira Produção: Juliana Cordeiro Assistência de Produção: Ana Sercunvius Cenário: Blas Torres, Élio Chaves Iluminação: Blas Torres Assistência de Iluminação: Rayssa Gualberto Cenotécnico: Dylan Willms Figurinos: Rayssa Gualberto Assistência de Figurino: Heloisa Giovenardi Adereços: Élio Chaves

Serviço:

Ministério da Cidadania e Montenegro apresentam

“Era uma vez...Eram duas, eram três” JOÃO E O PÉ DE FEIJÃO Local: Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio,135, Centro)

Quando: 23 e 24 de outubro de 2021 (Sábado e Domingo) Horários: Abertura do teatro: 15h30 / Início do espetáculo: 16h Duração da peça: 50 minutos

Ingressos: R$30,00 (inteira)/ R$15,00 (meia-entrada) / R$10,00 (promocional antecipado). A meia-entrada é para estudantes, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes, idosos acima de 60 anos, doadores de sangue, professores e portadores de câncer. Pontos de Venda: Disk Ingressos (Ventura Shopping - de segunda a sexta, das 11hs às 22hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs). É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do teatro. Classificação etária: Livre. De 04 a 08 anos para o público infantil, e 08 a 12 anos para o público infanto-juvenil. Informações: www.montenegroproducoes.com Realização: Montenegro

Informações - Ana Paulla Righetto

16 visualizações