Buscar

Feira gráfica leva arte e música para famoso espaço cultural de Curitiba


Com uma ampla programação de arte gráfica, música e literatura, a Feira gráfica Mamute tem início no próximo dia 23 e ocupa a sede da Fundação Cultural de Curitiba, no Engenho da Inovação (Rua Engenheiro Rebouças, 1732), no Rebouças, se espalhando pelo estacionamento e calçadas da região.

FOTO: Gus Benke

O evento, que já está na terceira edição, é uma grande celebração à arte gráfica e seus desdobramentos, promovendo uma experiência completa ao ar livre, com show, discotecagem, oficinas para crianças, espaços de convivência e uma ampla feira com diferentes propostas artísticas – na qual o público pode, além de conhecer e conversar com os criadores, comprar obras, livros, objetos e produtos artesanais, autorais e de tiragem limitada.

A feira reúne representantes do universo da produção autoral de editoras, coletivos e artistas independentes em torno da experimentação gráfico-visual, da cidade e de fora dela. 


A feira irá reunir expositores de mais de 20 cidades diferentes de estado como o Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro – além de projetos do Uruguai e Itália – que trarão suas publicações e obras independentes para dividir com o público.


Estarão presentes na feira trabalhos em diferentes formatos e temáticas: gravuras, ilustrações, arte digital, fotografia, literatura, moda autoral, adesivos, quadrinhos, prints, camisetas, porcelana, acessórios, decoração e outras expressões – inclusive extrapolando os limites do papel e explorando os mais diversos suportes. O evento também contará mais uma vez com um espaço para gravar arte na pele: flashes de tatuagem, com um grupo diverso de tatuadores estarão na feira para quem busca uma marca artística mais duradoura.

Além de todo talento reunido na feira (com produtos com valores para todos os bolsos), a Mamute terá uma programação intensa durante o dia todo: discotecagem, show de música com a Bananeira Brass Band, gastronomia, oficinas, lançamentos de livros e práticas gráficas para todas as idades.


A Mamute é um projeto independente, que é realizado sem nenhum tipo de incentivo fiscal. Para viabilizar a terceira edição, a produção do evento também está com um financiamento coletivo aberto: bit.ly/kickanteMMT3. As produtoras esperam que o público engajado do projeto faça parte dessa iniciativa, apoiando com valores que começam em módicos R$10,00, pensando na continuidade da rica programação que é completamente livre e gratuita para o público. A Mamute tem como cerveja oficial a Stella Artois, e conta com apoio da Fundação Cultural de Curitiba, Casa 102, Vela Bikes e da Tamanduá Iluminação. A produção é da Gloriosa Produções Culturais.


A Mamutinha – Para os pequenos, a Mamute também terá uma programação especial. Além de expositores voltados à arte para criança, a feira contará com um espaço preparado para oficinas práticas e um ateliê de experimentações gráficas. Lá os pequenos poderão conhecer e experimentar várias técnicas artísticas, como carimbos, serigrafia, gravuras, stencils e muito mais.


Essa área especial foi concebida com o objetivo principal de despertar e incentivar o interesse do público infantil pela arte impressa, colaborando com o estímulo de seu repertório visual, sensibilidade estética e capacidade criativa.

0 visualização