top of page
Buscar

Iluminador Beto Bruel estreia como diretor no Festival de Curitiba

Peça "Ovos Não Tem Janela", do grupo Prego Torto, é a primeira experiência do consagrado iluminador na direção.

Ovos não tem janela | Foto: Nay Klym

Com cinco décadas de experiência, mais de 700 peças e dezenas de prêmios no currículo, o iluminador Beto Bruel estreia como diretor na peça “Ovos Não Tem Janela”, na Mostra Lucia Camargo, nos dias 05 e 06 de abril, às 20h30, no Auditório do Museu Oscar Niemeyer (MON).

Esta é também uma estreia dupla: além do debut de Bruel, há o texto inédito do dramaturgo Manoel Carlos Karam (1947-2007). Escritor, dramaturgo e jornalista, Karam escreveu e dirigiu vinte peças de teatro na década de 70 e criou o importante grupo “Teatro Margem” que marcou época em Curitiba pelo experimentalismo e postura política de resistência.

A parceria entre os dois tem 50 anos e foi decisiva na carreira de Bruel. “Trabalhei com o grupo do Karan nos anos 1970 e ele foi o grande professor que me ensinou tudo sobre teatro.” Toda a ação de “Ovos Não Têm Janela” acontece em uma sala de recepção, onde um secretário lida com quatro personagens que esperam para serem atendidos por um médico. O texto flerta o tempo todo com o absurdo e o surreal, numa sucessão de acontecimentos insólitos.

Bruel colocará seu nome no cartaz pela primeira vez atendendo pedidos do grupo Prego Torto. A presença da atriz Renata Bruel e de Maíra Lour na assistência de direção – filha e afilhada de Bruel – amenizam o “frio na barriga” que o experiente estreante diz sentir. “Fica tudo em casa, mas o olhar [do diretor] é bem diferente do iluminador. Estou curioso para ver no que vai dar”, disse.

Autodidata, o paranaense da Lapa é o grande iluminador do teatro brasileiro. Já trabalhou com mais de 100 diretores diferentes e venceu cinco vezes o prêmio Shell, entre outros tantos prêmios nacionais e internacionais.

“Tudo que eu consegui com o teatro, essa grande experiência coletiva. O teatro só dá certo se todo mundo joga junto e se entrega de corpo e alma. É uma grande lição de democracia e da união que o mundo precisa tanto”, disse Bruel.

Serviço:

Espetáculo "Ovos Não Tem Janela"

Mostra Lucia Camargo - Festival de Curitiba Data e Horário: 5 e 6 de abril, às 20h30 Local: Auditório do Museu Oscar Niemeyer (MON). Classificação: 16. Duração: 60' Ingressos: www.festivaldecuritiba.com.br e no Shopping Mueller (Piso L3). Valores: R$ 80 e R$ 40 (meia) ESTREIA NACIONAL



Informações: Sandro Moser - Agência de Notícias Festival de Curitiba

2 visualizações
bottom of page