top of page
Buscar

Leci Brandão confirma presença no Festival Afro de Curitiba, em maio

Evento deve reunir artistas locais negros, feira afro-artesanal e muito mais!

Ícone do samba, Leci Brandão será uma das atrações do Festival Afro de Curitiba | Foto: Roger Cipó

No dia 12 de maio, das 14h às 22h, a capital paranaense recebe a primeira edição do Festival Afro de Curitiba, incentivando atitudes positivas em relação à negritude no que tange a formação da própria identidade, assim como integrar a população não negra antirracista e admiradora da cultura afro.

 

Promovido pelo Instituto Afro Brasil do Paraná, o evento ocorre no Pizza Notte (Linha Verde/BR-116, 14.934, Fanny) e reunirá uma ampla programação musical com apresentações de artistas reconhecidos pela população curitibana e região, não só pela musicalidade, mas também pela representatividade, além de apresentações de dança urbana, discotecagem, bloco de Carnaval, feira de artesanato de matrizes africanas de artesãos negros, gastronomia, atividades para toda a família, entre outras atrações. Os ingressos já estão disponíveis pelo valor de R$ 10 e podem ser adquiridos na plataforma Pixta (Sujeito à lotação).

 

Oito horas de música

 

O Festival Afro de Curitiba contará com oito horas de apresentações de danças (Samba, Afropop, Street Dance) e músicas Afro brasileiras (Samba, Rap, Slam), de artistas negros. Estão na programação, nomes como a DJ Mitay, o Bloco Afro Pretinhosidade, o grupo Leo Fé e Batucada Reza, o rapper Dow Raiz, o grupo de danças urbanas Ori Gem, a famosa cantora, compositora e sambista Janine Mathias, além da atração principal com a cantora, atriz, compositora matriarca e ícone do samba brasileiro, Leci Brandão.


Serão oito horas de apresentações de artistas reconhecidos por suas musicalidades e representatividades (Reprodução)

Leci não é apenas uma musicista fantástica, mas uma das principais figuras da história do samba e da política brasileira, sendo a primeira mulher negra e homossexual a fazer parte da ala de compositoras da Estação Primeira de Mangueira, uma das escolas mais tradicionais do Rio de Janeiro, com uma história forte de superação, talento, luta e compromisso com a justiça social do povo afro brasileiro.

 

Para a presidente do Instituto Afro Brasil do Paraná, a professora, pedagoga e produtora cultural Will Amaral, o Festival Afro de Curitiba enaltece o pertencimento étnico-racial por meio de ações que consolidam a autoestima da população negra, que se multiplicam por meio de uma integração.


“Nossas ações acontecem para desenvolver maior integração da população negra, sensibilizar e despertar um novo olhar dos não negros sobre a importância da valorização de todas as pessoas na sociedade. O Festival Afro de Curitiba também é uma forma de manifestarmos a ancestralidade para a africanidade, por meio de ações étnico-culturais, contestando os estereótipos negativos, de xenofobia, racismo e preconceitos”, explica Amaral.

 

Além das apresentações artísticas, o evento contará com uma edição especial da “Feira Afro da Zumbi”, uma feira de artesanato de matrizes africanas de artesãos negros, que ocorre no terceiro domingo do mês na Praça Zumbi dos Palmares, no Pinheirinho, dentro da programação do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, que visa estimular a cadeia produtiva de uma economia criativa da comunidade negra em Curitiba. Estarão disponíveis para o público do evento roupas, acessórios, quadros, objetos de decoração, brinquedos, além de itens gastronômicos e atividades infantis, gerando fonte de renda de mais de 30 famílias.


O Festival Afro de Curitiba tem como visão não só criar um espaço de celebração da cultura afro-brasileira, mas de impulsionar o ‘Black Money’ e promover a transformação econômica das comunidades negras, dar visibilidade e renda aos artistas, além da celebração da ancestralidade do povo negro. Este Festival não apenas celebra a riqueza da herança cultural africana, mas também destaca a necessidade de empoderarmos economicamente as pessoas negras, superando obstáculos não apenas econômicos, mas também sociais”, completa a presidente do Instituto Afro Brasil do Paraná e produtora cultural, Will Amaral.

 

O evento contará com acessibilidade, como intérprete de Libras, espaço especial para cadeirantes, além de monitores de acessibilidade. Acompanhe as novidades por meio das redes sociais do Instituto Afro Brasil do Paraná, por meio do Instagram @institutoafrobr.pr e pelo Facebook.com.br/InstitutoAfroBrasilPR, ou ainda dúvidas poderão ser repassadas pelo e-mail institutoafrobrdopr@gmail.com. O Festival Afro de Curitiba é um projeto aprovado pela Secretaria de Estado da Cultura - Governo do Estado do Paraná, com recursos da Lei Paulo Gustavo, do Ministério da Cultura - Governo Federal.


Serviço:

Festival Afro de Curitiba

Data: 12 de maio de 2024

Horário: 14h até 22h.

Local: Piazza Notte (Linha Verde/BR-116, 14.934, Vila Fanny)

Ingressos pela plataforma Pixta, com valor de R$ 10.

Crianças até 14 anos completos não pagam

Acompanhe as novidades pelo Instagram @institutoafrobr.pr

 

Confira a programação artística:

*Sujeita a alteração.

14h - Mitay

14h30 - Bloco AfroPretinhosidade

15h20 - Mitay

16h - Leo Fé e Batucada Reza

16h40 - Grupo Ori Gem

17h10 - Mitay

18h - Dow Raiz

19h - Mitay

19h30 - Janine Mathias

21h - Leci Brandão



Informações: Maximilian Santos

 

 

51 visualizações

Komentarze


Komentowanie zostało wyłączone.
bottom of page