Buscar

Nando Reis estreia show-teste pioneiro no Brasil, no palco do Teatro Positivo

A capital paranaense recebe no próximo dia 27 de novembro, o cantor e compositor Nando Reis para apresentação teste no Teatro Positivo – Grande Auditório, que será referência no país. Venda de ingressos tem início no dia 05.|


A experiência de curtir o show do artista preferido, no conforto da poltrona do Teatro, tem deixado a plateia com muita saudade, por conta da pandemia. Porém, uma nova proposta promete acabar com a espera, ao menos em Curitiba. 


No dia 27 de novembro, a capital paranaense vai sediar o primeiro show musical em um teatro depois de 8 meses e promete ser referência no país. Trata-se da apresentação teste do cantor e compositor Nando Reis, no Teatro Positivo - Grande Auditório, com 50% da capacidade máxima. O show será realizado pela Prime, em parceria com o Teatro Positivo e com o apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba, da Secretaria Municipal de Saúde, Instituto Municipal de Turismo de Curitiba e da ABRAPE (Associação Brasileira dos Promotores de Eventos).


Nando Reis retorna aos palcos em um show que promete ser inesquecível e na versão mais querida do público, voz e violão, cantando seus maiores sucessos.


Projeto piloto para o país

O evento seguirá os protocolos construídos pela ABRAPE e pela Prime, avaliados e ajustados em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde, acompanhando as determinações governamentais do município, estado e país sobre o Covid-19, com a adoção das melhores práticas para a segurança e proteção de todos os envolvidos.


Será o primeiro evento no Brasil que servirá de estudo efetivo para avaliar as situações reais e de viabilidade na realização de futuros eventos nesse formato. Serão feitas pesquisas pós evento com as pessoas que estiverem presentes no show, para avaliar a efetividade do protocolo adotado e também para medir a experiência do espetáculo. Esse trabalho será repassado à Secretaria Municipal de Saúde.  


“O objetivo do evento é a retomada segura e gradual do setor de eventos, impactado fortemente com a pandemia Covid-19, o qual produzirá um experimento piloto seguro e analítico para o retorno das atividades. Os envolvidos trabalharão juntos e em plena sinergia para entregar um modelo de referência real e que possa ser aplicado, executado e viabilizado. Buscamos com muito trabalho e seriedade estarmos na vanguarda com essa proposta que tem por único objetivo a retomada do setor de eventos, com segurança, controle e seriedade. Queremos fazer deste evento referência no país, e um bom caminho a ser seguido”, revela Mac Lovio Solek, diretor da Prime e vice-presidente Abrape na região Sul.

"Precisamos de forma segura e com responsabilidade retomar as nossas atividades e com isso acabar com as festas clandestinas que assolam o país e são realmente nocivas a economia e a saúde da população, onde não há nenhum comprometimento", completa Solek.

“Esperamos que com esse evento, possamos dar a todas as empresas e profissionais do segmento, dos mais diversos setores, a esperança de que é possível, e deverá nos ser concedido o direito ao trabalho. Esse é apenas um modelo e um ponto de partida, já que ainda teremos que conviver com esse vírus, para que possamos reconstruir nosso setor, e oportunizar aos mais de 60 tipos de profissionais de eventos que fazem parte da cadeia produtiva, de que juntos e com segurança retornaremos ao trabalho”, finaliza.  


Cadastro e orientação para o público

De acordo com Solek, todas as pessoas que adquirirem os ingressos serão cadastradas e vão receber um termo de compromisso no cumprimento de todas as normas e protocolos, que foram pensados e estudados a fim de tornar uma experiência super positiva, mas com a máxima segurança.


Umas das mudanças na estrutura logística do evento será o acesso de cada setor por uma portaria independente e exclusiva. O Controle de Acesso será efetuado seguindo os protocolos definidos pela produção e Secretaria Municipal de Saúde, tais como: medição de temperatura, distanciamento nas filas, validação do ingresso pelo espectador com monitoria local, uso do álcool em gel, uso obrigatório de máscaras, entre outros. Todo staff deverá fazer o uso de EPIs em qualquer função dentro da operação presencial, de forma a garantir a sua segurança e a proteção dos espectadores. A saída do público ao término do espetáculo também será por setor, e escalonada a cada cinco minutos para o maior conforto.


Para garantir mais segurança, os lugares serão marcados e o público será acomodado a cada duas pessoas com intervalo de duas poltronas. Para aqueles que forem sozinhos, haverão poltronas individuais disponíveis em bons lugares e em todos os setores.


A venda de ingressos, limitadíssimos, tem início no próximo dia 05 de novembro às 10horas pelo www.diskingressos.com.br .

Ana Paulla Righetto

20 visualizações