top of page
Buscar

Orquestra Paranaense de Tango presta homenagem ao mestre Piazzolla

Evento faz homenagem ao Dia Internacional do Tango, uma celebração que transcende fronteiras e conecta culturas.

O mestre do tango contemporâneo ganhará vida nos palcos da Capela Santa Maria, onde a Orquestra Paranaense de Tango encerrará sua temporada anual de 2023 com uma homenagem a Astor Piazzolla.


Os concertos estão agendados para sexta-feira (1/11), às 20h, e sábado (2/11), às 18h30.

Os ingressos já estão à venda pela ZET, com preços de R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira).


Além da experiência musical e histórica, a Orquestra Paranaense de Tango assume um compromisso com a responsabilidade social. É permitindo que os espectadores adquiram seus ingressos por R$ 55 ao doar 1kg de alimento não-perecível. Toda a arrecadação será destinada ao Hospital Pequeno Príncipe, uma instituição vital no atendimento a pacientes pelo SUS.


Este encontro musical não apenas presta homenagem a Astor Piazzolla, mas também celebra o Dia Internacional do Tango. Composta por oito músicos, a Orquestra Paranaense de Tango se destaca como uma iniciativa inovadora, estreitando os laços culturais entre o Paraná e a Argentina, berço do tango.


O grupo é formado pelos músicos com carreiras consolidadas na cidade, Rafael Rodrigues (contrabaixo), Martin Mirol (bandoneon), Dan Tolomony e Vitor Andrade (violinos), Jader Cruz (viola), Marcus Ribeiro (violoncelo), Rafael Rodrigues (contrabaixo), Davi Sartori (piano) e Victor Gabriel (clarinete).


Rafael Rodrigues, que também é o idealizador da Orquestra, expressa sua gratidão ao público pelo sucesso do primeiro ano. A resposta calorosa dos espectadores é a força motriz por trás da paixão inabalável que impulsiona a orquestra.


"Este primeiro ano superou todas as expectativas. Sem a resposta e o apoio caloroso do público, nossa jornada perderia sua razão de ser. Estamos trilhando o caminho certo com uma paixão inabalável", compartilha Rafael, revelando o compromisso profundo da orquestra com a música e sua comunidade.


Um dos diferenciais da Orquestra é o uso do bandoneón, um instrumento que ressoa com a essência do tango. Martín Mirol, o talentoso bandoneonista argentino do grupo, destaca o caminho abrangente e ágil que a orquestra embarcou no último ano.


"Exploramos diversas experiências musicais, iniciando com uma formação mais clássica da época de ouro do tango para entender o contexto histórico e agora poder interpretar melhor Piazzolla", compartilha Martín, revelando a dedicação da orquestra e importância do ano para o grupo.

A Genialidade de Piazzolla

Astor Piazzolla, o gênio do bandoneón, transcendeu as fronteiras musicais ao redefinir o tango. Nascido nas raízes argentinas e moldado em Nova York, suas composições ousadas como "Adiós Nonino" e "Libertango" conquistaram corações em todo o mundo.


Martín destaca a importância de Piazzolla ao quebrar paradigmas, elevando o bandoneón a um status de destaque nas salas de concerto globais.“Piazzolla fez escolhas que não eram convencionais na época, mas foram essas escolhas que o projetaram para o mundo. Ele oxigenou a música do tango, mantendo suas características.”, completou.


Ao participar deste concerto, os espectadores não apenas celebram a rica herança do tango, mas também testemunham a evolução vibrante e inovadora da Orquestra Paranaense de Tango.


Um Ano de Emoções

O ano de 2023 foi marcado por emoções e música para a Orquestra Paranaense de Tango. Desde o primeiro concerto em janeiro na Capela Santa Maria, o grupo encantou os corações curitibanos com sua paixão pela música argentina, e todas as apresentações até agora estiveram lotadas.


Destaques incluem as intensas apresentações no Teatro Regina Casillo em maio, celebrando o Dia da Pátria Argentina, e a participação especial na 40a Oficina de Música de Curitiba.


Serviço:

Orquestra Paranaense de Tango

Local: Capela Santa Maria

Quando: Sexta-feira (1/11), às 20h, e sábado (2/11), às 18h30.

Quanto: R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira).

Mais informações: (41) 99664-3319, com Viridiana de Macedo Saldanha.


17 visualizações

Kommentare


bottom of page